Comércio retoma atividades após flexibilização de Soliva em Guará

Decreto libera atendimentos via Drive Thru e autoriza reabertura de salões e barbearias; clientes e passageiros do TUG precisam usar máscaras

Comércio de Guará, fechado até quarta-feira, retoma atividades com sistema drive thru (Foto: Leandro Oliveira)

Leandro Oliveira
Guaratinguetá

A quarta-feira (23) foi marcada por movimentos de comerciantes que pediram a flexibilização do setor em Guaratinguetá. De uma carreata pela manhã, que mobilizou dezenas de empresários, à uma reunião no fim da tarde, com o prefeito Marcus Soliva (PSC), a manifestação conseguiu do Município um novo decreto, com regras mais brandas contra o avanço do novo coronavírus na cidade.

A carreata percorreu as principais vias de Guaratinguetá entre as 8h30 e 10h. O principal pedido do grupo era referente a reabertura de todo o comércio, de forma gradativa. O impacto negativo no comércio local foi sentido por boa parte dos comerciantes durante o feriado de Páscoa e o temor de novos prejuízos com as comemorações do Dia das Mães, em 10 de maio, caso as portas estejam fechadas, acarretaram na mobilização.

O isolamento domiciliar, imposto pelo Governo do Estado de São Paulo no fim de março com o objetivo de evitar a propagação do coronavirus, foi estendido até o próximo dia 11. O proprietário das Lojas Teddy, Beto Issa, destacou que o grupo entende a situação atípica causada pela pandemia, mas é necessária uma abertura gradativa do comércio e o retorno das atividades econômicas no município.

Issa participou da reunião com o prefeito Marcus Soliva (PSC) e representantes da segurança pública e do comércio, na última quarta a noite. Ele confirmou que o Executivo acatou os pedidos. “O prefeito flexibilizou para nós operarmos o comércio todo no sistema Drive Thru. Então os clientes podem ligar ou mandar mensagens via WhatsApp para fazer os pedidos e a gente entrega na porta da loja para eles, com uso de máscaras e respeitando todas as determinações da vigilância”.

De acordo com Issa, óticas, salões de beleza e barbearias também estão permitidas a atender e receber clientes, de acordo comas medidas recomendadas pela Vigilância Epidemiológica do Estado. Cada setor do comércio terá uma especificação e deverá respeitar os requisitos publicados no novo decreto, assinado por Soliva na última quarta. As novas determinações entram em vigor no ato de sua publicação.

O decreto foi publicado no Diário Oficial de Guaratinguetá informa que os pedidos, via serviço drive thru, devem ser feitos por telefone ou por aplicativo de mensagens ou pedidos. É proibida a entrada de clientes no interior de estabelecimentos comerciais, assim como também fica vedada a formação de filas ou quaisquer tipos de aglomerações. Os produtos devem ser entregues diretamente para o cliente, no carro ou moto, caso ele esteja em veículo de transporte.

Os estabelecimentos não poderão funcionar com portas abertas ou levantadas. O acesso à parte interna das lojas será apenas para funcionários. É recomendado que os funcionários com idade acima de 60 anos não realizem o atendimento público do sistema Drive Thru, e permaneçam a serviços internos.

Para evitar filas de pessoas na praça Conselheiro Rodrigues Alves, a Prefeitura reservou as ruas Comendador Rodrigues Alves, Comendador João Galvão e Dr. Martiniano como vias para estacionamento e atendimentos dos serviços Drive Thru. Os clientes do sistema Drive Thru que estiverem sem máscara não poderão ser atendidos.

O decreto autoriza o funcionamento de salões de beleza e barbearias, mediante solicitação junto à Vigilância Sanitária e Epidemiológica do Município, seguindo as exigências estabelecidas. Todos os passageiros do Transporte Urbano de Guaratinguetá terão que usar máscara. O usuário que não estiver utilizando máscara de proteção, não poderá entrar no veículo.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?