Em visita de Bolsonaro, deputada entrega repasse de R$ 1,9 milhão à Santa Casa de Guará

Valor reforça investimento em melhorias na infraestrutura de hospital; direção aposta na inovação de atendimento para a região

O Hospital de Campanha de Guará, aberto para atendimento a Covid-19; investimento federal de R$1,9 milhão (Foto: Marcelo A. dos Santos)

Fabiana Cugolo
Guaratinguetá 

Durante visita a Guaratinguetá, na última segunda-feira (21), o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), anuncia a verba de R$ 1,9 milhões à Santa de Casa de Misericórdia. Entre a comitiva presidencial estava a deputada federal Carla Zambelli (PSL), parlamentar que destinou a emenda para o hospital.

Além do anúncio, o presidente e sua equipe compareceram à cerimônia de formatura da EEAR (Escola de Especialistas de Aeronáutica) e conheceram a UPA (Unidade de Pronto Atendimento), obra que foi financiada pelo Governo Federal, e atualmente é hospital de campanha contra Covid-19.

O recebimento da verba será dividido em duas etapas. Na primeira, serão destinados R$ 1 milhão. A expectativa é que o dinheiro seja disponibilizado em até três meses após o anúncio desta semana. Já o valor de R$ 900 mil deve ser repassado à Santa Casa até o fim do ano.

Segundo o provedor do hospital, Dr. Rômulo Barros, o principal foco da verba será em reparos na estrutura física do local. “Nós vamos utilizar para reforma do telhado e de todo sistema elétrico que está antigo, uma parte de R$ 900 mil será para isso. Outra parte será para reforma dos quartos e do ambulatório do SUS (Sistema Único de Saúde). Faremos também uma ampliação no refeitório e algumas pequenas reformas, como, uma passagem que é ao ar livre e vamos fechar”, detalhou o médico.

Barros destacou ainda que parte desta verba auxiliará na reforma e ampliação do centro cirúrgico, que conta com cinco salas e passará a ter seis. “Vamos modernizar a ventilação e o ar condicionado com um sistema que trabalha com ar condicionado que vem por cima do teto e empurra o ar para fora, desta maneira não há risco de contaminação do corredor para dentro do centro cirúrgico, é chamado de cortina de ar. Somente hospitais de ponta contam com esse sistema. Ele custa em torno de R$ 300 mil e vamos implantar em todas essas salas”, revelou.

Durante a pandemia, a Santa Casa de Guaratinguetá trabalha em parceria com Hospital de Campanha no tratamento de pacientes com Covid-19. Atualmente, os 25 leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) do local permanecem em uso. De acordo com último Boletim da Covid-19 publicado pela Prefeitura na terça-feira (22), somando leitos SUS, particulares e convênios, a enfermaria está com 49% de ocupação, e 87% na UTI. Já os números somente SUS são 64% para enfermaria e 100% UTI.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?