Para competir com aplicativos, taxistas pedem redução na tabela de valores da tarifa em Cachoeira Paulista

Serviços de tecnologias de transportes como Uber e 99 já atuam na cidade e preocupa setor; audiência tem baixa procura

Ponto em Cachoeira; taxistas e Prefeitura divergem sobre valores (Foto: Jéssica Dias)
Ponto em Cachoeira; taxistas e Prefeitura divergem sobre valores (Foto: Jéssica Dias)

Jéssica Dias
Cachoeira Paulista

 

Um grupo de taxistas de Cachoeira Paulista solicitou na Prefeitura uma redução na tabela do valor cobrado nas viagens. Eles temem a dificuldade com os valores cobrados por aplicativos de transporte privado, como o Uber, recém chegado à cidade. O pedido gerou polêmica junto a outros membros da associação, que fizeram abaixo-assinado para reverter a medida.

A solicitação da mudança do valor foi feita em uma reunião no último dia 5, na Câmara, entre a secretária de Negócios Jurídicos, Gisely Fernandes, e nove taxistas. Eles argumentaram que devido à concorrência de aplicativos de transportes como o Uber e o 99, o valor de tarifa inicial deveria sofrer uma redução de R$ 15 para R$ 10. “Nós tínhamos uma tabela que foi de 2018, mas agora com a questão do Uber, eles solicitaram uma reunião para diminuir o valor da tarifa. Com base nisso, nós fizemos um decreto abaixando o preço, mas essa reunião aconteceu com uma pequena parcela dos taxistas, menos de 10% compareceu, quem esteve presente optou para que fosse reduzido o valor”, esclareceu Gisely.

Segundo o presidente da Associação de Taxistas de Transporte para Passageiros Municipal e Turístico de Cachoeira Paulista, Sebastião Augusto dos Santos, pontos de taxistas não foram informados sobre a reunião, o que em outras gestões era feito através de um ofício encaminhado pelo secretário de Trânsito. “Houve sim uma reunião, inclusive a Gisely falou que todos os taxistas foram avisados, mas não fomos, nós temos uma média de 13 pontos de táxis. Essa reunião que fizeram na Câmara foram solicitados dois pontos de táxis, desses, foram nove pessoas. Fazer uma reunião com nove taxistas e tomar uma decisão não está certo”, criticou.

Na reunião, ficou definido o valor de R$ 10, mas em seguida, 77 taxistas fizeram abaixo-assinado para reverter a situação. “Na mesma semana da reunião, os taxistas fizeram um pedido para o prefeito Edson Mota (PR) para que voltasse a tabela anterior. Por essa razão, conversando com o prefeito, ele opinou por fazer uma tabela com valor máximo a ser cobrado, considerando os aplicativos, que de fato já estão ativos no nosso município”, explicou a secretária.

O novo valor a ser cobrado como um “teto de tarifa”, que não poderá ser ultrapassado, terá o valor de R$ 15 para o dia e R$ 20 para noite. Os aplicativos Uber, e 99 já estão operando no município. A Prefeitura elabora um projeto de lei para regulamentar o serviço na cidade.

Recadastramento – A Prefeitura solicitou dos taxistas inscritos no Cadastro Fiscal do Município, que ainda não efetuaram a atualização, a apresentação dos dados cadastrais junto ao Setor Jurídico, de segunda a sexta-feira, das 13h às 16h30.

O município conta com cerca de 140 taxistas, sendo 115 cadastrados. “O recadastramento precisa ser feito anualmente, e desde que a gestão Edson Mota assumiu nós identificamos que os taxistas não fazem esse procedimento. Nós recebemos muitas reclamações de moradores e turistas, que muitas das vezes os motoristas desrespeitam as tabelas, cobram além dos valores. Estamos com fotos desatualizadas, alguns veículos que não passam pela vistoria anual, então esse recadastramento é como uma garantia aos moradores e turistas”, esclareceu Gisely.

Para efetuar o recadastramento, os motoristas devem apresentar RG, CNH, comprovante de pagamento do ISS e alvará; certificado de registro e licenciamento do veículo em nome do autorizatário; atestado de antecedentes criminais recente – expedido até trinta dias; duas fotos 3×4 recentes; comprovante de residência do município (mínimo de 6 meses) e cópia do DPVat.

A Prefeitura fica à avenida Coronel Domiciano, nº 92, no Centro. A lista completa com os nomes dos taxistas irregulares está no site da Prefeitura, cachoeirapaulista.sp.gov.br.

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?