Política a conta-gotas

Superávit em investimentos & sucessão

Projetos, investimentos, obras e sucessão municipal foram assuntos de Marcus Soliva no Atos no rádio

Em passagem pelo Atos no Rádio, na última segunda-feira (21), o prefeito de Guaratinguetá, Marcus Soliva, comemorou o avanço de projetos considerados essenciais para a segunda metade do mandato. Ele frisou a importância de propostas como a parceria entre Município, Estado e a Rede Voa para o novo Aeroporto do Vale da Fé, que teve evento, na última quarta-feira, com empresários do setor turístico. O negócio faz parte do plano Avança Guará, assim como outras frentes, como a restauração do centro histórico (estação, mercadão, matriz e museus), estruturação da mobilidade (anel viário) e interligação com outras cidades, consideradas essenciais no plano regional. Na política, o prefeito mostrou que o momento é de cuidados com projetos pessoais, já que “há muito o que fazer até 2024…”.

 

 

Gestão humanizada

Se a escalação de João Vaz para o comando da Codesg foi uma estratégia do prefeito Marcus Soliva, em preparação do seu time para seleção eleitoral de 2024, na opinião dos politiqueiros, a jogada deu certo. A prova disso foi o projeto de inclusão dos novos funcionários da autarquia no Plano de Cargos e Salários, que articulou com os vereadores e aprovou na Câmara. Para Vaz, não se faz gestão de qualidade sem a valorização da classe operacional.

 

Alguém responde!

É impressão da galera que comenta política na Praça Conselheiro, ou é realidade que o presidente da Câmara de Guará tentou tomar o lugar na foto de João Vaz, ao divulgar a aprovação do projeto de inclusão dos novos funcionários da Codesg no Plano de Cargos e Salários?

 

E por falar em foto

As últimas aparições do vereador Marcio Almeida junto ao vice-prefeito Regis Yasumura em várias ocasiões, a exemplo da solenidade do Estado onde Guará foi contemplada com dois caminhões, já deu o que falar nos cafezinhos mais politizados do pedaço. A dupla até gravou vídeo para redes sociais. Tem gente prevendo que essa aproximação pode ter a ver com as eleições que se aproximam. Seria Almeida o mais propenso vice que Yasumura está pretendendo?

Guilherme Gigli

 

Assediado

Com a marca de sucesso em todas as campanhas que articula como presidente da Aceg – Associação Comercial de Guaratinguetá, Guilherme Gigli tem despertado o interesse dos mais renomados líderes partidários, com vistas às eleições vindouras. Por isso, com a mesma habilidade que se envolve nos projetos mais importantes da cidade, acena também para os políticos, flertando com todos, porém, sem namorar e muito menos casar com ninguém. Pelo menos por enquanto…

 

Veto! Ou não veta?

Com um orçamento estimado em R$ 320 milhões para 2023, o prefeito Sylvio Ballerini acendeu o alerta contra os gastos evasivos para não comprometer projetos que tem pela frente em Lorena, haja visto o estresse que rolou devido as emendas que a Câmara teria aleatoriamente aprovado para alguns setores da cidade, sem consultá-lo previamente. Pelos rumores nos corredores da municipalidade, vem vetos e confusão pela frente.

 

Apertem os cintos…

Aloísio Vieira

…o piloto sumiu Como previsto, teve ‘casa cheia’, quer dizer, salão social do Clube Comercial de Lorena lotado, na última quarta-feira, para sessão solene de outorga de títulos de cidadania a várias personalidades. Vereadores a postos, mesa formada, homenageados, autoridades e a especulação política fervendo nos bastidores da festa, pela ausência do prefeito Sylvio Ballerini no evento e, consequentemente, com a presença do ex-prefeito Aloísio Vieira que, além de compor a mesa administrativa da sessão, teve direito a discurso sob aplausos. Em decorrência desta foto, tinham saudosistas perguntando sobre o domicílio eleitoral de Vieira…

 

 

Construindo pontes

Felicio Ramuth e Fábio Longuinho

Destaque da noite de outorga de títulos de cidadania em Lorena, o vice governador eleito Felicio Ramuth, agora cidadão lorenense, deixou claro o fator unidade com o município como o caminho para os futuros projetos que pretende no Estado. Sem perda de tempo, o presidente da Câmara, Fabio Longuinho, já tem encontro agendado com Ramuth após a posse.

 

 

Plenário ‘meio a meio’

Com os últimos acontecimentos nos bastidores da Câmara de Lorena, explícitos na votação da LDO, a pergunta que não quer calar: “com o Maurinho Fradique surtando com o grupo do presidente Fábio Longuinho, ele retorna para sombra do Executivo ou adere à terceira via do Legislativo – que transita e articula nas sombras dos poderes?”

 

Xeque-mate

Com o plenário da Câmara de Lorena aparentemente dividido em três, prevalecendo um dos grupos com oito votos – podendo contar com o desempate por parte do presidente, qual será a estratégia dos outros dois para sobreviver às votações? Outra dúvida do mercado político: virá também com a subdivisão dos vereadores o ‘terrorismo’ dos cargos de assessoria?

 

Cobra que não anda…

…não engole sapo – o pessoal de Cachoeira Paulista já ficou sabendo o que o prefeito Antonio Mineiro e sua equipe de ‘primeira chamada’ foi fazer em Brasília esta semana: reunião no CNPq para avançar na posse de uma área do INPE – às margens da Dutra; definições de projetos junto à secretaria de Governo da Presidência da República; garantir a continuidade da revitalização da Estação Ferroviária, entre outras pautas. Na contramão, os eleitores ainda não sabem, e nem descobriram o que foi fazer, mais uma vez, o pessoal da Câmara que embarcou no mesmo voo do prefeito para Capital Federal. Detalhe: comenta-se que é muito dispendioso aos cofres públicos esses vereadores irem tão longe apenas para fazer fotos com políticos que nem reeleitos foram…

 

Tour parlamentar

Com a ida repentina de 40% do plenário da Câmara de Cachoeira Paulista a Brasília, esta semana, aparentemente sem um justificativa previamente apresentada, tem gente na cidade prometendo verificar o Portal da Transparência antes de denunciar no MP a gastança do dinheiro público. Ah, disseram que levaram até ‘aquela bacana’ de contrapeso, que nem trabalha na Câmara, para o ‘rolê parlamentar’. Com a palavra, o ainda presidente Brejão, já que é o paladino da justiça encarnado…

 

Seiscentos milhões em…

…ações pela frente A Câmara de Pindamonhangaba abriu a temporada de audiências públicas para definir o aval ao orçamento de mais de R$600 milhões, que o prefeito Isael Domingues terá para administrar o próximo ano. Com tanto dinheiro na Prefeitura, o que não está faltando é vereador querendo participar deste investimento através de propostas de emendas, esperando os aplausos da torcida.

 

E por falar em aplauso…

…é voz corrente pelas esquinas de Pinda que o Professor Everton Chinaque, após a dupla Dr. Isael Domingues e Ricardo Piorino, é o que mais reúne público e simpatia da população através de suas atividades e programações junto à secretaria de Esporte. Observaram que por conta disso, seu desempenho tem despertando mais ciúmes internos – entre o secretariado – que externos. Segundo o mercado político, é a seleção para vice de Piorino que já está pegando fogo nos bastidores eleitorais da cidade.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?