Após sete anos do anúncio, AME de Lorena recebe equipamentos e abre processo de contratação

Atrasada por imbróglio na licitação, unidade segue sem data definida para inauguração

AME de Lorena recebe equipamentos e mobília para estrutura; obra ainda sem previsão de inauguração (Foto: Lucas Barbosa)
AME de Lorena recebe equipamentos e mobília para estrutura; obra ainda sem previsão de inauguração (Foto: Lucas Barbosa)

Lucas Barbosa
Lorena

Esperado desde 2014, o AME (Ambulatório Médico de Especialidades) de Lorena está próximo do início dos atendimentos. Foi iniciada na manhã da última quarta-feira a entrega de equipamentos e mobílias do local, que segue sem data definida para iniciar o atendimento à população.

Anunciado em 2009, ainda no governo José Serra (PSDB), o ambulatório teve a obra paralisada por seis meses, com a transição de governo e problemas jurídicos na licitação. Dois anos depois, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou a liberação de R$ 3,3 milhões.

O processo de implantação está a cargo da Seconci-SP, empresa vencedora da licitação, e que é responsável por outras quatro unidades no Estado.
De acordo com a secretaria de Saúde do Estado, o AME contará com 22 especialidades como cirurgias pediátrica e torácica, reumatologia, endocrinologia e ortopedia. A expectativa é que 17 cidades da região sejam atendidas na unidade.

Na manhã da última quarta-feira, a intensa movimentação de caminhões na porta do ambulatório chamou a atenção de quem passava pelo Centro da cidade. Além de cadeiras e ares-condicionados, foram entregues equipamentos que serão responsáveis pela realização de exames médicos.

No interior do Ambulatório foi formada uma fila de candidatos que passaram por entrevistas de emprego. Representantes da Seconci-SP afirmaram não ter autorização para comentarem sobre o processo de seleção.

Inauguração – A reportagem do Jornal Atos solicitou o agendamento de uma entrevista com os responsáveis pelo AME de Lorena, mas o setor de Comunicação da Secretaria de Saúde do Estado afirmou que só serão autorizadas entrevistas após a marcação oficial da data de inauguração da unidade. O Estado afirmou ainda que não existe uma previsão para a abertura do AME.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?