Conseg retoma reuniões abertas em Cruzeiro

Após regularização, órgão pretende trabalhar em conjunto com polícias Civil e Militar

Sede da Polícia Militar, no Centro de Cruzeiro; retomada de trabalho do Conseg tenta fortalecer ações de combate à criminalidade no município (Foto: Andreah)
Sede da Polícia Militar de Cruzeiro; retomada do Conseg tenta fortalecer o combate à criminalidade no município (Foto: Andreah)

Rafael Rodrigues
Cruzeiro

Cruzeiro ganhou mais um aliado na luta pela redução dos índices da violência e na busca pelo aumento da sensação de segurança dos moradores. A partir do próximo dia 31, o Conseg (Conselho Municipal de Segurança) voltará a se reunir abertamente com a população.

Apesar do órgão ter realizado atividades ao longo dos últimos anos, faltava a regularização oficial através da documentação na Corregedoria do Estado. “O Conseg não estava parado, ele simplesmente não estava regulamentado. Os documentos necessários para oficializar o órgão extraviavam, mas com a ajuda do capitão da PM William Vieira, conseguimos passar por todo esse processo burocrático”, contou o presidente do órgão, Fabio Eugenio Ezequiel Teixeira.

Segundo ele, mesmo sem regularização, havia sempre a participação do Conseg em ações na cidade, com as polícias Militar e Civil, além da Guarda Municipal, Departamento de Trânsito, Conselho Tutelar, setores de Fiscalização e Vigilância Sanitária.

De acordo com Teixeira, a intenção é que o plano de ação do Conseg conte com a parceria dos órgãos no segundo semestre.
As reuniões do Conseg serão realizadas sempre na última quinta-feira de cada mês, na sede da Casa dos Conselhos, a partir das 9h. “A população pode participar das reuniões levando qualquer tipo de denúncia e sugestão. Todo tipo de problema que tenha a ver com a segurança pública a população poderá acionar o Conselho”, contou o presidente do órgão.

Para a delegada seccional de Cruzeiro, Sandra Vergal, a criação do Conselho de Segurança trará mais diálogo entre população e autoridades policiais. “O Conseg é um canal aberto entre o povo e o policial. Vamos obter mais informações, mais diretas e com maior franqueza dos moradores. Com toda certeza a colaboração com sugestões e informações poderão nos auxiliar melhor no enfrentamento dos problemas”.

A segurança pública é pauta de uma série de debates em Cruzeiro. Na Prefeitura, a busca por soluções que minimizem os casos de violência tem tomado conta das ações. Recentemente, a administração municipal mostrou interesse na criação do GGIM (Gabinete de Gestão Integrada Municipal), para auxiliar na elaboração e execução de projetos de segurança. O grupo seria formado por representantes da Polícia Rodoviária Estadual e Federal, delegados, conselheiras tutelares, representantes do Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Projeto Coalizão, Tiro de Guerra, Departamento de Trânsito e secretários municipais que estiveram no evento e terão participação efetiva na criação do Gabinete de Gestão Integrada Municipal.

A intenção do projeto é realizar ações com crianças, jovens e adultos. As reuniões com as autoridades serão realizadas mensalmente, com o objetivo de elaborar e desenvolver programas de segurança pública.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>