Com R$ 700 mil investidos, Prefeitura define entrega de ESF da Vila Mariana para dezembro

Saúde espera atender cerca de quatro mil por mês com unidade; obra tem custo de R$ 700 mil

Obra de construção do ESF na Vila Mariana, em Aparecida; com investimento de R$ 700 mil, Prefeitura espera entregar prédio em dezembro (Foto: Divulgação PMA)
Obra de construção do ESF na Vila Mariana; com investimento de R$ 700 mil, Prefeitura espera entregar prédio em dezembro (Foto: Divulgação PMA)

Leandro Oliveira
Aparecida

A nova sede da Estratégia e Saúde da Família da Vila Mariana, bairro de Aparecida, será inaugurada ainda neste ano. A construção foi interrompida em 2015 e foi necessária a realização de uma nova licitação para concluir as obras. Foram investidos R$700 mil na unidade, que vai atender cerca de quatro mil pessoas por mês.

A secretaria da Saúde já trabalha com a licitação para aquisição de equipamentos e mobílias. Em 2015 a ESF da Vila Mariana sofreu com as falhas no repasse da União, que comprometiam a continuidade das obras. Sem prédio próprio, a solução para atender os moradores do bairro era alugar um imóvel para servir de sede da ESF enquanto a construção não era concluída.  “A ESF da Vila Mariana já faz muitos anos que está estabelecida nesse bairro em uma unidade alugada. A Prefeitura encontrou a obra paralisada, tomou providências para realizar uma nova licitação e dar realmente continuidade”, explicou a secretária de Saúde de Aparecida, Maria Eliane Pereira de Moraes, a Laine.

Na última semana, a Prefeitura divulgou que as obras entraram na reta final. Nos últimos dias foi colocado gesso na unidade. Segundo a secretária de Saúde, o prazo para conclusão dos serviços é de sessenta dias. “É uma obra importantíssima para acolher todos os pacientes que são assistidos por essa unidade”.

Com as obras na reta final, o município prepara a aquisição de equipamentos e mobília para a unidade. Segundo a secretaria de Saúde, serão investidos em torno de R$ 100 mil para novas aquisições. Os recursos são oriundos do piso de atenção básica de saúde e repasses de emendas parlamentares.

Sobre a construção, a obra tinha um investimento inicial de R$ 408 mil garantidos pelo Ministério da Saúde. Porém, o Executivo injetou recursos próprios, e o custo total da ESF da Vila Mariana chega aos R$ 700 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>