Contaminado pela Covid-19, Sato recebe alta médica

Prefeito de Ubatuba segue em tratamento domiciliar; diagnóstico da doença ocorreu no último dia 23

Sato que teve alta médica nesta terça-feira (Foto: Reprodução)

Lucas Barbosa
Ubatuba

Após seis dias internado por causa do novo coronavírus (Covid-19), o prefeito de Ubatuba, Délcio Sato (PSD), recebeu alta no fim da tarde da última terça-feira (3).

Forçado pela doença a pausar sua campanha de reeleição, o chefe do Executivo estava sob cuidados médicos na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) de um hospital particular de São José dos Campos.

De acordo com a assessoria de Sato, ele foi liberado pela direção do hospital particular após apresentar uma melhora significativa em seu quadro de saúde, recebendo permissão para partir para o tratamento domiciliar em Ubatuba.

Diagnosticado com a Covid-19 no último dia 23, o comandante da cidade litorânea foi cinco dias depois internado, por opção médica preventiva, na UTI.

Na ocasião, o prefeito apresentava comprometimento pulmonar, dor de cabeça e febre alta.

Segundo sua assessoria, Sato respeitará durante sua recuperação em casa as orientações médicas e os protocolos estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

A expectativa é que ele retorne as suas funções em até dez dias.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?