Fãs vítimas de arrastão em show sertanejo cobram apoio de casa noturna

Apresentação de Maiara e Maraisa, em homenagem à Marília Mendonça, acaba na delegacia após furtos de cem celulares; três pessoas foram presas

O 2º Distrito da Polícia Civil em Lorena, que recebeu vítimas dos furtos durante show de domingo; seguem as investigações (Foto: Gabriel Mota)

Rafaela Lourenço
Lorena

O que seria uma momento de festa e homenagens, terminou em pesadelo para fãs de Marília Mendonça, em Lorena. Cerca de cem celulares foram furtados durante o show de Maiara e Maraisa, realizado no último domingo, em homenagem a rainha da sofrência, que morreu no último dia 5, vítima de um acidente aéreo. O trio colombiano suspeito de cometer os crimes chegou a ser preso e aparelhos foram recuperados.

Vítimas se sentem lesadas por falta de apoio da casa de shows, responsável pelo evento, durante o ocorrido e respectivas investigações.

Os boletins de ocorrência foram registrados na delegacia da Polícia Civil de Lorena, já na madrugada da última segunda-feira (15). De acordo com a Polícia, dois homens e uma mulher foram presos ainda durante a festa, suspeitos de cometerem os crimes. Dos cem celulares furtados, 48 aparelhosforam apreendidos e 23 já recuperados pelos proprietários.

Para as vítimas, a orientação é de que procurem pela delegacia para a execução de um boletim de ocorrência. Os celulares apreendidos estão sendo liberados após a identificação mediante boletim de ocorrência e apresentação da nota fiscal e um documento com foto.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Daniel Castro, que não gravou entrevista, a audiência de custódia foi realizada nesta terça-feira (16) e dois presos foram libertados para responderem ao processo em liberdade. O inquérito deve ser concluído em até dez dias.

Por nota, a casa de shows se pronunciou, mas não respondeu a questionamentos como o de vítimas que alegaram terem sido bloqueadas pelo perfil oficial da casa, nas redes sociais,após comentários e questionamentos sobre o ocorrido. “Na noite deste domingo (14) a CDG Beer Garden e seus clientes foram vítimas de uma quadrilha especializada em furto de celulares que atuava em grandes shows e eventos pelo país. Mas a nossa equipe de segurança agiu prontamente e conseguiu identificar e prender todos os criminosos envolvidos, com o apoio da Polícia Militar de Lorena e encaminhados a Delegacia de Polícia Civil de Lorena”.

Fãs de toda a região estão entre as vítimas, entre eles, moradores de Lorena, Cachoeira Paulista, Guaratinguetá e Moreira Cesar.

Durante a apuração das informações junto à delegacia, a equipe de reportagem do Jornal Atos conversou com vítimas que recuperaram os aparelhos, que retornaram para casa sem encontrarem os celulares e inclusive indignados, garantindo um processo judicial contra a cervejaria por danos morais.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?