Saúde habilita sete novos leitos de UTI para o Hospital de Campanha de Guará

Unidades recebem profissionais e ampliam capacidade de internação por Covid-19 no município

Novos leitos disponibilizados para o atendimento à Covid, em Guará; Saúde amplia estrutura (Foto: Divulgação PMG)

Leandro Oliveira
Guaratinguetá

A secretaria de Saúde de Guaratinguetá confirmou a abertura de sete leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) no Hospital de Campanha, centro médico exclusivo para atendimentos a pacientes com Covid-19. Os leitos começam a atender na primeira semana de fevereiro.

Foram contratados médicos intensivistas, que serão os responsáveis pela ala dedicada aos pacientes em quadro clínico mais grave, acometidos pelo novo coronavírus. Os leitos foram abertos no Hospital de Campanha, que atendia até então apenas pacientes em estágio inicial da doença.

A secretária de Saúde do município, Maristela Macedo, confirmou que foi contratada uma empresa de Guaratinguetá especialista no serviço de intensivistas. O número de médicos não foi especificado. “Eu sei que tem um plantonista 24 horas, um responsável técnico e um médico diarista que é obrigado por lei a ter nesses leitos”, salientou.

Recentemente, Guaratinguetá tem registrado mais de cem casos confirmados de Covid-19 por dia. Por duas vezes consecutivas foram marcados 138 novos casos em apenas 24 horas, a pior e mais preocupante marca do município desde o início da pandemia.

No mesmo ritmo em que os casos aumentam, a taxa de internação continua subindo. “Concluímos pela abertura de mais sete leitos, pois temos todos os equipamentos, respiradores importados da Alemanha, tudo que compõe nossa UPA nível 3. A contratação da equipe médica já foi feita, todo processo licitatório. É uma equipe de intensivistas que têm que acompanhar”, afirmou Maristela.

A taxa de ocupação de leitos de UTI para casos exclusivos de covid-19 em Guaratinguetá estava em 73%, nesta semana. “Esperamos baixar a ocupação de leitos de UTI para 60%, o que nos dá uma condição mais tranquila para absorver possíveis novos casos que possam acontecer”.

Guaratinguetá tem duas portas de entrada para casos de Covid-19, uma delas é o Hospital de Campanha e a outra é o Pronto Socorro.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?