Política a conta-gotas…

Segundas ou terceiras…

Magrão, Vito e Norbertinho

…intenções? – Após um período considerável de hibernação política, Vito Ardito (PP) repercutiu na semana passada sua visita aos vereadores Magrão e Norbetinho, na Câmara de Pinda.

Segundo a ‘roda dos escarnecedores’ que faz hora nas imediações do mercadão, o ex-prefeito estaria à procura de candidatos a deputado estadual na cidade – uma espécie de cabo eleitoral graduado – para cumprir compromisso com ‘algum federal’ de seu partido na eleição do ano que vem.


Interlocução

Após as secretarias de Planejamento de Taubaté e Pindamonhangaba se unirem na semana passada para compartilharem projetos em comum e ações conjuntas, nesta última quarta-feira, o encontro foi entre os prefeitos. Isael Domingues, de Pinda, foi recebido por Saud, de Taubaté, numa demonstração de parceria e interesses mútuos das cidades coirmãs. Saúde, transporte, desenvolvimento, representatividade e outros temas, inclusive estratégias futuras foram alguns dos temas. E pensar que no mandato anterior, do filho do Bernardo, a vaidade era tamanha que ninguém imagina ver uma cena de unidade como esta. Pelo menos esse, foi o pensamento da patuleia no mercadão…

Síndrome de ‘beija-flor’

Tem gente na política de Pinda buscando entender qual a dificuldade do vereador Carlos de Moura – o Magrão, em manter sua fidelidade partidária com o grupo que o elegeu em duas eleições! Segundo a patuleia, ao invés de seguir a hegemonia do PL, trabalhar a eleição dos deputados apoiados pelo grupo, Magrão insiste sempre em ‘cantar em freguesias alheias’. Disseram que agora ele anda pagando de candidato a deputado na cidade com a única certeza de que jamais terá legenda do partido…

Investimentos

Silvana Zanin

A prefeita de Canas, Silvana Zanin, já tem o planejamento certo para o recurso de R$ 1 milhão que o município está recebendo do Estado, destinado a investimentos de infraestrutura.

Segundo o pessoal da política local, quer dizer, os que torcem pelas melhorias, após a lentidão que a cidade viveu no ‘longo período’ do ex-prefeito, o que não faltam são áreas para aplicar o dinheiro.

Deputado da Praça

Macris e João Pita

Após duas verbas consecutivas do deputado federal Vanderlei Macris (PSDB) para reforma e revitalização de duas praças de Guaratinguetá – Santo Antônio e Clube dos 500 – o pessoal do Ponto Chique já o apelidou de “deputado pracinha”.

Para o prefeito Marcus Soliva e o subsecretário de Turismo João Pita, estes recursos de R$ 200 mil para cada espaço vão ajudar muito no novo planejamento turístico do centro, em especial os moradores do Clube que a muito pedem a construção da Praça.

Balanço geral

O prefeito de Cachoeira Paulista, Antonio Mineiro, promoveu uma reunião geral com seu secretariado esta semana com o propósito de alinhar o segundo semestre. Além de assuntos técnicos e funcionais como home office, hora extras, férias, faltas abonadas e outros detalhes, o que mais pegou foi a sabatina individual de cada secretário, ou seja, o que foi feito, o que não conseguiu fazer e o que pretende, porque o resumo destes depoimentos deverão implicar em substituições. Em alguns casos, é tudo que a patuleia política de Cachoeira espera…

E por falar em Cachoeira…

Dadá Diogo

…ao que tudo indica a cidade vai ter candidato a deputado. A ex-vereador e também ex vice-prefeita Dada Diogo é aposta do Podemos para angariar votos na eleição do ano que vem.

Dada tem legenda garantida para disputar uma cadeira no Congresso Nacional. Isso mesmo, já está no status de pré-candidata a deputada federal.

A grande cartada!!!

A ‘sorte’ está lançada entre os postulantes ao Executivo de Guaratinguetá no jogo eleitoral de 2024. Segundo os apostadores do mercado político, as ‘cartas estão na mesa’: ‘dama de ouro’, ‘valete de copa’, ‘rei de espada’ e ‘valete de paus’. Resta saber ‘do coringa’, ou seja, a carta que poderá mudar ou definir o jogo! De qual naipe será? Com a palavra, os eleitores…

Estabilidade

Como pré-anunciado, o prefeito de Cruzeiro Thales Gabriel, que tinha até setembro para decidir se interromperia seu mandato de prefeito pra disputar vaga na Assembleia Legislativa, antecipou sua resposta informando que pretende concluir seu mandato no Executivo da cidade e que, candidatura a deputado é uma questão a ser resolvida em meados de em 2026. A resposta ‘jogou água fria’ em meia dúzia de oportunistas que já enxergavam ‘algumas vantagens’, e aliviou uma boa parcela de eleitores, principalmente depois que o vice Paulo Scamilla renunciou ao cargo.

Ciúmes político

Mesmo sendo forçados a seguirem o calendário eleitoral para disputar a sucessão de Thales Gabriel, é público e notório que um grupo de postulantes ao cargo segue em concorrência dentro do próprio governo, só que agora para ter a ‘bênção’, digo, a indicação do prefeito para corrida ao trono. Por exemplo, cada vez que o José Kleber acompanha o prefeito na vistoria de uma obras, dá dor de barriga em dois ou três, inclusive no Zé Rogério; quando raras vezes o vereador Diego Miranda embarca na comitiva do homem a São Paulo, a repercussão é contrária. Ah! Agora até a vereadora Sandra Cunha entrou no ritmo…

Caso de polícia

Integrantes da frente da trabalho da Prefeitura de Aparecida aproveitaram uma sessão extraordinária na Câmara para protestar contra o vereador André Monteiro, que dispensou o termo ‘nóia’ à categoria. Pior que além da manifestação, os ressentidos acabaram dando uns empurrões no vereador, que teve que recorrer à Guarda Municipal para as coisas não piorarem.

Salvador da pátria

Paralelo ao ‘barraco’ que a frente de trabalho promovia na frente da Câmara de Aparecida – querendo o escalpe de André Monteiro, internamente, os vereadores rejeitavam o projeto do prefeito Piriquito, que pedia a flexibilização dos rigores da lei que exige ensino superior aos chefes de sessões, além dos secretários e adjuntos. Por cinco votos a quatro, os então chefes de sessão vão ter que estudar mais um pouco…

Ajuda externa

Renato Marton

Com a visão de que ajuda aos necessitados é dever de todos, o empresário Renato Marton – da Protemed, reuniu amigos neste final de semana para uma ação social. A finalidade foi arrecadar agasalhos e cobertores em socorro às pessoas que vivem nas ruas de Lorena.

De acordo com Marton, bastaram algumas ligações e os amigos se juntaram na iniciativa, que soma com a campanha da Assistência Social da Prefeitura, que foi tímida em divulgação.

Se corre atrás, não recebe

Rominho

Pela agenda do prefeito de Piquete Rômulo Kazimierz prevista para esta semana, os dias teriam de ser de no mínimo de ‘30 horas’.

Até quarta-feira Rominho segue agilizando a documentação geral das áreas do Mercado Municipal – que receberão obras de revitalização no valor de R$850 mil – e do Velório – com investimento de R$300 mil.

O prefeito também cumpre agenda com o Governo do Estado, de onde está vindo R$ 735 mil para o novo Posto de Saúde da cidade, R$ 720 mil para construção da Casa da Juventude e recursos para o Parque Linear, na ordem de R$ 500 mil.

Sobre os recursos federais que deverão ser anunciados, Rominho pretende tratar disso em Brasília, na segunda quinzena de agosto.

Termômetro eleitoral

Sylvio Ballerini

Circula entre os politiqueiros de Lorena que o desempenho da administração Sylvio Ballerini, nos próximos três anos, será preponderante para determinar a quantidade de candidatos a prefeito no pleito de 2024.

Embora os especuladores da oposição profetizem a prorrogação da ‘baixa performance’ administrativa do Professor, os governistas apostam que em 40 meses muitas coisas podem e devem acontecer no cenário eleitoral…

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?