Conta de luz fica mais cara em 19 cidades da região

Reajuste domiciliar atinge quase 4%; EDP alega aumento de gastos na compra e transmissão de energia

Conta de energia elétrica; serviço tem aumento em cidades da RMVale (Foto: Arquivo Atos)

Lucas Barbosa
RMVale

Para o descontentamento dos moradores de 19 municípios da RMVale (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte), o preço da energia elétrica sofreu um aumento na última sexta-feira (23). O reajuste atinge apenas as cidades da região atendidas pela concessionária EDP.

Reguladora do setor elétrico no País, a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) revelou em nota oficial que autorizou a alteração tarifária anual da EDP devido ao aumento dos gastos que empresa vem enfrentando para arcar com o serviço de geração e distribuição de energia elétrica. Segundo o órgão, além da alta do dólar, o encarecimento do processo foi motivado pelo crescimento dos gastos da terceirizada com a transmissão e aquisição de energia, com destaque para a compra efetuada recentemente junto à Usina de Itaipu.

Com o cenário, desde a última sexta-feira, o valor da conta de energia elétrica ficou 3,83% mais caro em residências e 6,52% maior para consumo registrado em imóveis com rede de alta tensão, como indústrias e empresas de médio e grande porte.

Além de Aparecida e Caçapava, os reajustes são válidos para ligações elétricas em Cachoeira Paulista, Canas, Caraguatatuba, Cruzeiro, Guaratinguetá, Jacareí, Jambeiro, Lorena, Monteiro Lobato, Pindamonhangaba, Potim, Roseira, Santa Branca, São José dos Campos, São Sebastião, Taubaté e Tremembé.

O aumento de 3,83% atinge também os consumidores considerados de baixa renda, que até então, devido a um acordo entre o Governo Federal e as concessionárias, tinham suas contas mensais fixadas em R$ 50. Com a mudança, os contribuintes passarão a pagar R$ 51,91.

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?