Lorena investe em câmera corporal para auxílio dos guardas municipais

Sistema de vídeo tem início previsto para próxima semana; investimento da Prefeitura chega a R$ 30 mil

Câmera adquirida pela Prefeitura para auxiliar ações contra criminosos em Lorena; GCM segue reforçada (Fotos: Divulgação PML)
Câmera adquirida pela Prefeitura para auxiliar ações contra criminosos em Lorena; GCM segue reforçada (Fotos: Divulgação PML)

Jéssica Dias
Lorena

A Prefeitura de Lorena investiu em mais um equipamento para tentar inibir a criminalidade. A câmera corporal será acoplada aos coletes dos guardas civis, dando a possibilidade de visualizar as ações dos agentes em tempo real na sede da secretaria de Segurança Pública.

A princípio, a Prefeitura investiu R$ 10 mil na aquisição de uma câmera corporal. O equipamento começa operar na próxima semana e deve ser conectado a um chip de celular para serem feitas gravações e fotos.

Segundo o secretário da pasta, Carlos Adriany Lescura, após fazer o teste com o equipamento, se atender a expectativa do munícipio, a cidade vai investir em mais câmeras. “Estamos estudando o funcionamento da câmera. Sexta-feira veio um pessoal de São José dos Campos passar as instruções de como operar. O guarda vai trabalhar com ela o dia todo. Se o agente vê a necessidade de gravar, ele aciona a opção na própria câmera”.

Outro investimento que busca inibir a criminalidade na cidade foi a instalação do videomonitoramento. Com cerca de R$ 20 mil, as câmeras estão instaladas na praça doutor Arnolfo Azevedo, a Praça Principal. A GCM (Guarda Civil Municipal) será responsável pelo monitoramento do local, que tem a expectativa de ampliação para outros pontos da cidade.

A Praça Principal realiza shows, eventos e tem grande aglomeração de jovens durante as noites de domingo.

Uma das câmeras está posicionada para gravar boa parte do Calçadão Arthur Ballerini, também no Centro. Lescura ressaltou ainda que o Calçadão, por não ter a disponibilidade de passagem de carros, se torna um local propício a atos ilícitos, e que com o videomonitoramento, possíveis crimes poderão ser inibidos.

A expectativa é de que o sistema comece operar na próxima semana.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

× Como posso te ajudar?