Piquete amplia fartura da cesta básica dos servidores municipais

Medida é viabilizada após economia de mais de R$ 2 milhões; Prefeitura projeta implantação de plano de carreira em 2022

O prefeito Rominho, que reforçou as cestas básicas dos servidores de Piquete; 13 itens foram incluídos (Foto: Arquivo Atos)

Da Redação
Piquete

Apesar da crise econômica que afeta o país, os mais de trezentos servidores municipais de Piquete ganharam na última quarta-feira (26) um motivo para comemorar. Após promover uma política de economicidade ao longo deste ano, a Prefeitura anunciou que investirá na ampliação da variedade dos produtos da cesta básica fornecida mensalmente aos trabalhadores.

Durante entrevista ao programa “Atos no Rádio”, no início da tarde da última quarta-feira, o prefeito Rômulo Kazimierz, o Rominho (PSDB), revelou que as cestas básicas contarão a partir deste mês com novos alimentos e produtos de higiene pessoal e de limpeza doméstica. Além de afirmar que a medida é uma forma de reconhecimento ao trabalho de excelência desempenhado pelos servidores, o chefe do Executivo destacou as ações que contribuíram para que o Município possua condições financeiras para promover a melhoria. “Essa iniciativa, que proporcionará a cesta básica mais farta já entregue à categoria, contará com um investimento superior ao valor que era aplicado anteriormente, porém, nossas contas estão equilibradas devido à política de economicidade praticada no ano. Conseguimos economizar mais de R$ 2 milhões com a adoção do modelo licitatório de pregão eletrônico, que proporciona a participação de mais empresas concorrentes e consequentemente propostas mais vantajosas ao Município”.

De acordo com um levantamento disponibilizado pela Prefeitura, serão aplicados mensalmente R$ 86,060 mil na aquisição de 320 cestas básicas. O montante é R$ 31,980 mil superior ao que era investido até setembro, que atingia R$ 54,080 mil.

Segundo o Executivo, serão incluídos 13 novos itens nas cestas básicas. Na parte alimentícia, os servidores municipais passarão a receber: uma lata de leite condensado, uma caixinha de creme de leite, uma caixa de chocolate da marca Bis, dois pacotes de biscoito recheado, duas gelatinas, um pacote de milho de pipoca, um pacote de farofa temperada e um milho verde.

Já em relação aos produtos de higienização pessoal e doméstica, serão inseridos: uma caixa de um quilo de sabão em pó, dois detergentes, um frasco de desinfetante, um pacote de papel higiênico e uma embalagem de creme dental.

Em contrapartida, as cestas básicas permanecem contando com: cinco pacotes de açúcar, dois pacotes de arroz, dois pacotes de café, uma lata de extrato de tomate, um saco de farinha de trigo, um saco de farinha de milho, cinco pacotes de feijão, um pacote de fubá, uma goiabada, duas latas de leite em pó, um pacote de macarrão, três latas de óleo, um pacote de sal refinado, um pacote de biscoito salgado, um pacote de bolacha de maisena e uma lata de sardinha.

Futuro – De acordo com Rominho, sua equipe já iniciou a elaboração de um projeto que busca promover a implantação de um plano de carreira aos servidores municipais a partir de 2022. A medida atende uma antiga reivindicação da categoria, que cobra mais benefícios e melhorias salariais.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?