Festival Dilermando Reis descentraliza música em Guará

Cultura promove apresentações em teatros e espaços públicos; Prefeitura quer aproximar famílias na 23ª edição do evento

Dilermando Reis, um dos grandes da música popular, nascido em Guará (Foto: Reprodução)
Dilermando Reis, um dos grandes da música popular, nascido em Guará (Foto: Reprodução)

Leandro Oliveira
Guaratinguetá

Dilermando Reis foi um dos mais importantes músicos do Brasil. Ídolo do ex-presidente Juscelino Kubistcheck, o violonista guaratinguetaense perpetuou suas obras até os dias atuais. Anualmente Guaratinguetá recorda a memória e as músicas de Dilermando em um festival que carrega o nome do violonista.

Em 2018, a 23ª edição do Festival Dilermando Reis propõe a descentralização do evento, com apresentações confirmadas em espaços públicos. O festival teve início na última quinta-feira, e segue até o próximo domingo, com um sistema rotativo de shows.

As apresentações serão realizadas no Espaço VivArte, no Pedregulho, na praça Conselheiro Rodrigues Alves, Auditório do Museu Frei Galvão, no Cemitério do Pedregulho e no Parque Ecológico Anthero dos Santos.

Segundo a secretária de Cultura de Guaratinguetá, Aline Damásio, o motivo pela descentralização é ampliar o público presente no festival, aproximar as famílias da cena cultural e dar uma opção a quem passa por praças e parques da cidade. “Queremos oferecer para as pessoas algumas possibilidades, com apresentações em locais fechados como em auditório, à noite. Mas têm pessoas que estão passando pela praça (Conselheiro Rodrigues Alves) e podem desfrutar”, lembrou. “Mesmo que não seja todo o tempo, mas pelo menos uma parte da apresentação. A ideia é que a gente alcance pessoas que não teriam um momento para estar presente durante toda a atividade”.

A programação teve início na última quinta-feira. Estão programas apresentações neste sábado, às 11h, com Seresteiros de Guaratinguetá, na praça Conselheiro, e às 19h30, no Auditório Frei Galvão, com presenças confirmadas do Projeto Guri e Duo Siqueira Lima.

No domingo está agendado o encontro no cemitério do Pedregulho, com Seresteiros de Guaratinguetá. Às 16h será a vez do Duo Treze Cordas Brasil, no Parque Ecológico. Às 19h30, novamente com Seresteiros, e Fábio Zanon.

Todas as apresentações são públicas e com entrada franca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>