Ernaldo Marcondes teme déficit do Executivo após posse

Prefeito de Aparecida toma posse, revela secretariado e enxugamento da máquina pública

Ernaldo Marcondes, que assumiu a Prefeitura de aparecida no dia 1; peemedebista assumiu o cargo durante cinco afastamentos de Siqueira (Foto: Leandro Oliveira)
Ernaldo Marcondes, que assumiu a Prefeitura de aparecida no dia 1; peemedebista assumiu o cargo durante cinco afastamentos de Siqueira (Foto: Leandro Oliveira)

Leandro Oliveira
Aparecida

Ernaldo César Marcondes (PMDB) foi empossado como novo prefeito em Aparecida, no último domingo. Durante a cerimônia de posse, no Umuarama Clube, Marcondes falou sobre seu time de secretários e revelou que o processo de transição do antigo prefeito, Márcio Siqueira (PSDB), com a nova administração não foi feito.

O peemedebista contou que por conta da falta de transição, só terá acesso à situação do Executivo nesta semana, mas já adiantou que os cofres da Prefeitura devem ser entregues no negativo. Uma solução encontrada por Marcondes é o enxugamento da máquina e a fusão de algumas secretarias municipais.

“Primeiramente, vou enxugar a máquina pública com a diminuição de cargos, devido à crise financeira. Mesmo assim não vamos diminuir o serviço, que continuará sendo prestado com a mesma eficiência. Nós não mandamos para a Câmara a extinção dos cargos, apenas não nomeamos os cargos e unificamos algumas secretarias que vão trabalhar juntas”, contou o prefeito.

Com relação ao processo de transição, Marcondes explicou que nada foi feito pelo antigo prefeito e que isso teria ocorrido por questões políticas. Na última sexta-feira, a antiga gestão encaminhou à nova documentos referentes ao Executivo. “Tudo indica que ele (Siqueira) vai me entregar os cofres no negativo”, projetou Ernaldo, que citou que o carro chefe do Executivo será o investimento na qualidade de vida do morador de Aparecida. O turismo também será tratado com atenção especial, já que todos os serviços municipais estão atrelados à visitação turística.

Apoio da Câmara – Marcondes garantiu que terá como aliada a Câmara de Aparecida. A Casa será comandada por Adilson José de Lima, o “Boi na Brasa”, também do PMDB. O prefeito declarou que com a aliança, Executivo e Legislativo poderão trabalhar em conjunto para o benefício da cidade.

Time – Os secretários anunciados por Marcondes são Rita Aparecida dos Reis (Educação, Esporte e Cultura), Maria Eliane Pereira (Saúde), Isabel Cristina Oliveira (Família, Bem estar social e Mulher), Márcia Maria Leite (Turismo), Marcelo Monteiro Gonçalves (Segurança pública), Cláudio Henrique Gibelli (Planejamento), Celio Roberto da Silva (Fazenda), José Benedito Angelieri (Obras e Meio ambiente), Domingos Léo Monteiro (Administração), Marco Aurélio Piza (Procuradoria Jurídica), Ederson Francisco dos Santos (Chefe de gabinete), João Marcos Guimarães (Saae) e Wellington Nogueira (Ouvidoria).

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?