Mais de quinhentos motoristas são multados por furarem rodízio em Ubatuba

Cidade havia esquematizado rodízio para evitar invasão de turistas no megaferiado paulista

Movimento no trânsito de Ubatuba; motoristas desrespeitam rodízio durante feriado (Foto: Rafaela Lourenço)

Bruna Silva
Ubatuba 

Mais de quinhentos motoristas devem receber multas por desrespeitarem o rodízio elaborado, pela Prefeitura de Ubatuba, para evitar a invasão de turistas no mega feriado, no último mês. Diante da crescente dos casos de Covid-19, o rodízio era uma forma de frear a disseminação da doença.

O rodízio havia sido anunciado no fim do mês de março e valia até o feriado de Páscoa, no último domingo (4). A ação visava uma forma de evitar a circulação de turistas no município durante o feriado em São Paulo. A multa para quem não cumprisse as normas poderia chegar em até R$ 500.

O projeto da Prefeitura visava a circulação de veículos com placas de final ímpar (1,3,5,7 e 9) em dias ímpares e placas com términos de números pares (0,2,4,6 e 8), em dias pares. Segundo o levantamento do município, desde a implantação da medida, ao menos 517 motoristas foram autuados e vão receber multa por não atenderem a regra.

Para que a ação tivesse danos aos moradores locais, estavam isentos do rodízio os veículos de motoristas que moram no Litoral Norte, como Ubatuba, Caraguatatuba, São Sebastião e Ilhabela. Assim como carros que prestam serviços essenciais, abastecimento e manutenção.

Também foram aplicadas cerca de vinte multas por estacionamento irregular na região das praias. A intenção da gestão é continuar freando a visitação turística com foco na diminuição das contaminações por coronavírus.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?