Isael prevê orçamento de R$ 750 milhões e fala em R$ 1 bilhão até 2024

Prefeito espera enviar orçamento para aprovação da Câmara; Pinda vive retomada econômica, com expectativa de ser a segunda maior economia da região

Prefeito e vice-prefeito de Pinda, Isael Domingues e Ricardo Piorino, que projetam orçamento bilionário até o final do mandato (Foto: Bruna Silva)

Bruna Silva
Pindamonhangaba

Em plena retomada econômica, Pindamonhangaba parece ser uma das cidades que seguem em um rumo diferente das que sobrevivem dos restos deixados pela crise econômica. A Prefeitura prevê orçamento de R$ 750 milhões arrecadados somente em 2022. A projeção considera dados do primeiro quadrimestre do ano.

A estimativa foi anunciada pelo prefeito Isael Domingues (PL), durante coletiva de imprensa, na manhã da última quinta-feira (12). Domingues ressaltou ainda a meta de tornar o município uma Cidade Inteligente e “pronta para o futuro”.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Roderley Miotto, enfatizou que a elevação orçamentária está interligada ao avanço empresarial no município, movimento impulsionado com as expansões e chegada de novas empresas. “Se continuarmos no mesmo ritmo, Pindamonhangaba deverá ocupar, provavelmente, o segundo lugar em economia na RMVale (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte), ficando somente atrás de São José dos Campos”, projetou.

Ainda sem revelar nomes, Miotto destacou que novos empresas “de fora” estão buscando Pindamonhangaba para instalar-se, gerando novos empregos e renda.

A meta de Domingues é conquistar o feito inédito na história de Pinda: chegar ao orçamento de R$ 1 bilhão até 2024, quando ele deve deixar o Executivo. O prefeito ressaltou ainda que o objetivo é entregar a cidade “muito melhor” do que assumiu há cerca de seis anos. Com orçamento expandido, são esperadas melhorias na saúde, educação e segurança pública. No último ano, o orçamento aprovado pela Câmara para 2022 foi de aproximadamente de R$ 620 milhões.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?