Acordos metalúrgicos em Pindamonhangaba injetam R$ 21 milhões até o Natal

Valores devem aquecer o comércio local; Prefeitura coloca mais R$ 15 milhões no mercado com pagamento de servidores nesta sexta-feira

Centro comercial de Pinda; que tem projeção para reaquecimento econômico com acordo do metalúrgico (Foto: Bruna Silva)

Bruna Silva
Pindamonhangaba

A economia de Pindamonhangaba deve ser aquecida até o fim deste ano com mais R$ 21,2 milhões devido aos acordos mediados pelo Sindicato dos Metalúrgicos. O balanço feito pela classe foi divulgado nesta semana.

O relatório indica o impacto dos reajustes salariais nos pagamentos feitos antes do Natal, referente aos meses de setembro a novembro, além do décimo terceiro salário. A Gerdau está entre as empresas com maiores valores acertados que ultrapassa R$ 5 milhões somente com o impacto do reajuste com aumento do salário em 10,5%. Deste montante, ao menos R$ 3 milhões serão pagos aos funcionários, na próxima terça-feira (30), como retroativo. A Tenaris Confab pagará aos trabalhadores entre reajuste, benefícios e PLR (Participação nos Lucros e Resultados) mais de R$ 12 milhões. Apesar da GV do Brasil recusar as primeiras articulações, a pressão dos protestos fez com que houvesse aumento no salário e PLR com elevação de 20%, somente esta fábrica já injetou R$ 1,3 milhão, na última quinta-feira (25).

O setor está entre os que mais crescem no município, empregando mais de 7,2 mil pessoas. No último ano, foram abertas mais de setecentas vagas de emprego conforme dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados).
“Foi uma campanha salarial extremamente positiva. Tivemos sim, muita dificuldade, mas conseguimos manter todos os direitos da categoria e aumento real em praticamente todas as fábricas. Esse valor de R$ 21 milhões é só do reajuste, é o dinheiro que as negociações estão colocando a mais no bolso dos trabalhadores”, ressaltou o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, André Oliveira.

Servidores – A Prefeitura de Pindamonhangaba injetou, nesta sexta-feira (26), R$ 15 milhões na economia com o adiantamento da segunda parcela do décimo terceiro salário e pagamento mensal dos funcionários municipais. A expectativa é que o montante seja empregado nas compras de Black Friday e também no comércio local para o Natal.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?