Falso Uber é preso em flagrante com mais de trinta quilos de drogas em Guaratinguetá

Casal detido, após denúncia no domingo, mantinha atuação de esquema iniciado de tráfico na Bolívia

Drogas apreendidas na ação da Policia Militar; casal que se identificava como motorista de aplicativo é detido por tráfico (Foto: Divulgação PM)

Leandro Oliveira
Guaratinguetá

Um casal foi preso em flagrante por tráfico de drogas em Guaratinguetá. A ocorrência foi registrada no último domingo (29) e chamou a atenção pela grande quantidade de entorpecentes apreendidos pela Polícia Militar e pelo modo de operação na distribuição dos ilícitos pela região. Foram encontrados tijolos de maconha e uma grande quantidade de crack.

De acordo com a PM, o casal usava um Pálio, de cor branca, com logotipo da ‘Uber’, empresa de transporte de passageiros por serviço de aplicativo, que estava no para-brisa. Os policiais tiveram acesso a essa informação por meio de denúncia anônima, que apontava o carro como ponto de distribuição de drogas pela cidade.

A Polícia Militar realizou buscas pelo município e fez cercos para encontrar o veículo. O Pálio foi localizado próximo a Rodoviária de Guaratinguetá. Em um primeiro contato, o casal negou ter drogas no veículo, mas após vistorias no carro, foi encontrado um tijolo de crack. O casal confessou a existência de uma mala com grande quantidade de maconha, que estaria em uma residência.

Na casa, os PM’s confirmaram a informação do casal e encontraram 54 tijolos de maconha, duas metades de tabletes e uma porção da mesma droga, dentro de uma mala. Ao todo, foram apreendidos mais de trinta quilos de maconha e quase 1,1 quilos de crack. O casal foi preso em flagrante e encaminhado à Dise (Delegacia de Investigação Sobre Entorpecentes) de Guaratinguetá.

Modus operandi – A droga apreendida pela Polícia Militar tinha como origem a Bolívia. O casal teria pego a carga em Curitiba, capital do Paraná, e o destino para entrega do entorpecente era Guaratinguetá. O carro, caracterizado como ‘Uber’, era um meio de disfarçar a circulação do veículo pelo município.

O homem, de 35 anos, e a mulher, de 26, receberam R$ 1,5 mil para o transporte da droga. Eles chegaram à Guaratinguetá no último domingo e já estavam realizando a distribuição dos entorpecentes. O casal responderá por tráfico e associação ao tráfico.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?