Latasa dobra valor da PLR e injeta R$ 1 milhão na economia de Pinda

Acerto na última semana atende pedidos de funcionários que realizaram dois protestos por regularização; nova parcela é agendada para 2022

Assembleia com funcionários da Latasa que aceitou proposta após protestos; maior PLR garante injeção de R$ 1 milhão (Foto: Divulgação SMT)

Bruna Silva
Pindamonhangaba

Após duas paralisações motivadas por reinvindicações dos trabalhadores quanto aos repasses de direitos trabalhistas, a Latasa pagou nesta sexta-feira (27) a PLR (Participação nos Lucros e Resultados). Segundo o Sindicato de Metalúrgicos de Pindamonhangaba, R$ 1 milhão deve ser injetado na economia da cidade.

Ainda de acordo com a categoria, o montante total é de R$ 5 mil, o dobro do valor pago aos funcionários no último ano. Na última sexta-feira, todos os 310 trabalhadores receberam a maior parte do valor, cerca de R$ 3,5 mil. A classe estima que somente nessa parcela a economia da cidade tenha investimento milionário. A expectativa é que a segunda etapa seja paga no início do primeiro trimestre de 2022.

Há meses o sindicato mantinha uma batalha com a diretoria da empresa pelo pagamento da PLR e também acidentes. Até mesmo um comunicado de greve já havia sido protocolado. “A fábrica teve produção alta o ano inteiro, ainda melhor que o ano passado, e a empresa não queria nem negociar a PLR. Excesso de jornada, excesso de pressão, problemas na segurança, acidentes graves acontecendo. Só conseguimos avançar em todas essas questões graças à mobilização dos trabalhadores. Quero parabenizar também a comissão de PLR que atuou junto com a gente nessa busca de uma proposta justa, coerente com a realidade da empresa”, ressaltou o presidente do sindicato, André Oliveira, que participou de uma assembleia na última terça-feira (24), que aprovou a proposta da empresa.

Movimentação econômica – Ainda na última semana, o prefeito de Pindamonhangaba, Isael Domingues (PL), se reuniu com a diretoria da Acip (Associação Comercial e Industrial de Pindamonhangaba) para discussão de ações de crescimento econômico da cidade e também atração de novos investimentos.

O prefeito espera que o acerto da empresa auxilie na recuperação do mercado interno de Pinda, assim como o adiantamento do 13º salário para funcionários da Prefeitura, anunciado na última semana.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?