Política a conta-gotas…

Críticas & dificuldades

Em entrevista ao Atos, Marcus Soliva não descarta permanência na política pós mandato

Em passagem pelo Atos no Rádio nesta quinta-feira, o prefeito Marcus Soliva falou dos desafios de várias cidades, defendeu a preocupação do colega Thales Gabriel em iniciar as obras do Hospital Regional em Cruzeiro antes do período eleitoral e, a curto prazo para Guaratinguetá, o funcionamento da UPA 3 como Pronto Socorro, seguida da instalação de um setor para neonatal – equipado com UTI – e a construção de uma nova maternidade anexa à Santa Casa, com recursos de R$ 4 milhões do Governo Federal.
Tom crítico – Sobre a morosidade do governo do Estado em liberar as especialidades de atendimento de alta complexidade para as cidades de Cruzeiro, Lorena e Guaratinguetá, conforme havia prometido há cerca de um ano, o prefeito se mostrou indignado, porque dispensou também o plano de transformar provisoriamente o hospital Frei Galvão em Regional, até que o prédio definitivo fique pronto.
Fortalecimento da região – Soliva defende a integração dos Vales da Fé e Histórico nas reivindicações junto aos governos nas demandas regionais e até eleitorais – porque existe a falta de representação da região na ALESP. “Temos mais de 600 mil eleitores de Aparecida a Bananal, e há muito não elegemos deputados estaduais do nosso circuito de cidades para nos representar”, argumentou.

Monitoramento
Independente da correria eleitoral de 2 de outubro envolver postulantes como Regis Yasumura, Fabrício da Aeronáutica e Cabo Samuel, ambos estão atentos nas movimentações de Junior Filippo, João Vaz, Edson Riccomi e, por mais improvável que seja, em Celão, e ainda na Pop Star da Câmara, que se articulam para disputar a Prefeitura de Guaratinguetá. Segundo o pessoal do Ponto Chique, a lista de interessados em administrar o orçamento municipal a partir de 2025 deve aumentar.

E por falar em eleição…
…que ninguém no mercado político de Guará se engane achando que o vereador Marcelo Coutinho – Celão, está deletado do cenário eleitoral ou que tenha perdido seus eleitores por conta da fase crítica que está passando. Informações da periferia da cidade dão conta que ele estará ativo e com saúde jurídica para disputar em 2024.

Artilharia pesada
É voz corrente na periferia política de Guará que enfrentar a artilharia do prefeito Marcus Soliva no processo de sucessão não será ‘mamão com açúcar’, como imaginam alguns cientistas da Praça. Segundo os bem informados, além do maior conjunto de obras já visto em 8 anos de mandato e nomes capazes de garantir a continuidade de muitos projetos de desenvolvimento do município, os governistas contam com o percentual de aprovação da administração pública. Perguntem ao Malvadeza, que é da área imobiliária…

Alinhamento positivo
Quem subiu no prestígio político nos últimos meses em Pinda foi o vereador Carlos Moura Magrão (PL), que tem demonstrado cada vez mais sintonia e afinação com o prefeito Isael Domingues. Um dos pontos positivos para o vereador é seu desempenhado fazendo as vezes de líder do Governo na Câmara, defendendo e explicando os projetos do Executivo. Ao que tudo indica, Magrão reconquistou o espaço na base governista e se firma como importante liderança da cidade em seu terceiro mandato.

Saia justa
Parece que o vereador Herivelto Vela (PT) está com muita dificuldade de explicar o motivo pelo qual foi o único vereador que votou contra o projeto de lei do Executivo que traz novas regras para a arrecadação da Contribuição de Iluminação Pública (CIP), como medida para fomentar a economia das grandes empresas da cidade. O aparente descontrole de Vela ficou evidente quando ao término da sessão abriu uma live onde proferiu palavras de baixo calão contra o vereador Magrão, por ter posicionamento diferente ao dele.

Não convidem para…
…a mesma picanha – Os vereadores Carlos de Moura – o Magrão do PL e Herivelto Vela do PT, ainda que o churrasqueiro seja o presidente Cal – com toda sua calma – e a churrascada for para passar a limpo a autonomia do voto e alinhamento político no plenário da Câmara de Pinda…

Contra emprego?
Ainda sobre Vela (PT), ele esteve na inauguração da ampliação da Novelis recentemente, e ouviu com seus próprios ouvidos o apelo da multinacional pela importância da aprovação do projeto. Nas esquinas do Mercadão de Pinda, ele foi o assunto da semana; a população está perguntando: o que faltou para ele votar sim? Ah! estão taxando o vereador de ser contrário à geração de empregos na cidade. Vai ter que explicar essa, hein companheiro!

Corra que o ‘leão’ pega!!!
Quem está devendo explicações em Piquete, em especial no Legislativo, é o vereador Cleber Mateus (PL), por suspeita de sonegação de impostos. Segundo o pessoal da Praça da Bandeira, possivelmente ele tenha se confundido ao informar seus rendimentos oriundos de duas fontes distintas. A expectativa dos eleitores é para as próximas sessões de Câmara, para ver se os vereadores vão solicitar uma investigação sobre o assunto…

O que muitos querem saber
É verdade que em Lorena tem um rio milagroso que enriquece devotos de ‘são real’? Rolou na feira do Bairro da Cruz, no último domingo, que aquele famoso ex-vereador encheu os bol$o$ na operação limpeza Rio Mandi. Para quem entende, um pingo é letra…

Novidade no mercado
O presidente da Câmara Gu Castro, foi um dos protagonistas do maior recurso conquistado por um vereador em Aparecida. Junto aos colegas Marcio Almeida (Guaratinguetá) e Bigorna (Roseira), eles reuniram respectivamente os três prefeitos – Luiz Carlos – o Piriquito, Marcus Soliva e Fernando Siqueira – para as assinaturas de um convênio tríplice com a Secretaria de Agricultura do Estado, no valor de R$ 4,8 milhões, para obras de perenização de 34 quilômetros da Estrada dos Motas, que interligam os municípios. Se alguém na Terra da Padroeira tinha dúvidas sobre Gu Castro ter projeção futura, já aderiu a maioria…

Escassez
Em análise geral em Cruzeiro sobre pluralidade de nomes que ‘reúnam condições’ de disputar a próxima Prefeitura, a especulação política não enxerga, até o momento, nenhum postulante ao ponto de empolgar a torcida no bloco da adormecida oposição, muito menos entre os governistas do palanque de Thales Gabriel.

E por falar em Thales…
…Gabriel – até a oposição concorda que seu número de acertos frente à Prefeitura de Cruzeiro tem sido a cima da média, porém, quando o assunto é sucessor, ainda não tem um nome que extraia um suspiro de exclamação dos eleitores. E detalhe, quem de fato poderia ser sua aposta segura, não poderá ser candidata. É consanguínea…

Carreira solo
O vereador Diego Miranda bem que tem se esforçado em sua carreira solo para viabilizar sua candidatura em 2024, depois que de auto independeu da bancada governista. Procura os eleitores por toda cidade, conversa, anota pedidos, discute problemas, ouve opiniões, mas… as coisas viram, porque quando precisa de uma solução, tudo cai no colo do prefeito. Exemplo: a ‘roleta russa’ pela presidência da Câmara de Cruzeiro. Na disputa com, quer dizer contra, os colegas Higmar, Fafa e Paulo Filipe, nesta hora, uma ‘prece a São Gabriel’ ajudaria muito…

Tiro no pé!!!
Circula pelas esquinas de Lorena que aquele secretário que tenta sair na foto como o ‘senhor benfeitor’, que faz de seu trabalho um teatro buscando ser mais importante que o próprio prefeito, jamais imaginaria que estaria atirando no próprio pé. De tanto acenar para a plateia e com aplausos excessivos de meia dúzia de vereadores ‘baba ovo’, acabou chamando atenção até do Ministério Público. Parece que o promotor de Justiça lembrou dele dias atrás, e pediu para checar os trâmites da sentença de improbidade que foi premiado quando pa$$ou pela Câmara…

Show do milhão
A semana foi de boas notícias, do Governo do Estado, para o prefeito Sylvio Ballerini. O convênio Nova Frota, que libera aos municípios até seis veículos funcionais para as Prefeitura – retroescavadeira; kit agrícola composto por trator e várias implementos acoplados; van de transporte com acessibilidade; caminhão ‘pipa’ e basculante – rendeu 100% para Lorena, ou seja, todos. Também foram liberados R$ 2 milhões para recuperação da estrada rural Tito Vilela Nunes, e cerca de R$5 milhões para obras de drenagens e desassoreamento dos rios Mandi, Taboão e lagoa do Parque Ecológico do Taboão. Sylvinho comemorou e ainda batalha para os recursos prometidos à Santa Casa local.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?