Audiência pública debate regularização fundiária na Vila São Benedito em Pinda

Famílias atendidas pelo programa Meu Bairro é Legal, em Pinda; Vila São Benedito recebe audiência pública (Foto: Reprodução PMP)
Famílias atendidas pelo programa Meu Bairro é Legal, em Pinda; Vila São Benedito recebe audiência pública (Foto: Reprodução PMP)

Da Redação
Pindamonhangaba

Após assinar o convênio com a Fundação Itesp (Instituto de Terras do Estado de São Paulo) para a regularização de mil imóveis em dois bairros, a Prefeitura realizará uma audiência pública com os moradores do Vila São Benedito. O bairro terá cerca de quinhentas unidades regularizadas.

O Vila São Benedito será o primeiro bairro a receber ações de regularização fundiária provenientes da parceria entre a Prefeitura e o Itesp. Em seguida será a vez do Goiabal ser beneficiado com a regularização de aproximadamente setecentos imóveis.

Para explicar aos moradores como funcionarão os serviços no bairro, a secretaria de Habitação prepara a audiência pública, marcada para esta terça-feira. “A presença da população é muito importante para que conheçam todos os procedimentos que serão realizados durante o processo de regularização no bairro, incluindo entrevistas e solicitação de documentações”, salientou o secretário de Habitação, Marcelo Martuscelli.

De acordo com a Prefeitura, os trabalhos de iniciativa inédita que compõem o programa Meu Bairro é Legal permitem que o morador regularize toda a situação do imóvel e se torne de fato proprietário.

O prefeito Isael Domingues (PR) destacou que há anos os moradores aguardam por esse serviço, que exige maior dedicação da secretaria de Habitação, além do apoio das demais pastas municipais. “Para nós, é uma questão de honra entregar os títulos de propriedade aos moradores, proporcionando também segurança jurídica e valorização dos imóveis”, frisou.

A audiência será realizada no Centro Educacional Esportivo João de Campos “Pai João”, localizado a rua Guilherme Nicoletti, s/nº, na Vila São Benedito, nesta terça-feira (24), às 19h.

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?