Lorena inicia entrega de cartões para o auxílio emergencial de R$ 1,5 milhão a mais de cinco mil famílias carentes

Serviço segue até quinta-feira e utilização dos recursos a partir de sábado; benefício é dividido em duas parcelas

Área ocupada no Parque das Rodovias; projeto de auxílio emergencial também deve beneficiar famílias região (Foto: Arquivo Atos)

Rafaela Lourenço
Lorena
 

A Prefeitura de Lorena iniciou a entrega dos cartões do programa de Auxílio Emergencial Temporário nesta terça-feira. O investimento de aproximadamente R$ 1,5 milhão beneficiará 5.851 famílias consideradas de vulnerabilidade social. A distribuição segue a domicílio.

Com R$ 1.432.558,84 de recursos próprios, as famílias cadastradas no CadÚnico da Assistência Social até o dia 20 de março deste ano começaram a receber os cartões magnéticos para utilizar o benefício municipal.

De acordo com a vice-prefeita, Marietta Bartelega (DEM), quarenta equipes da secretaria de Saúde estão nas ruas da cidade, e seguirão com as entregas a domicílio até esta quinta-feira. O cartão, que deve ser recebido apenas pelo beneficiário, portando um documento com foto e assinando o termo de recebimento será desbloqueado na sexta-feira e o dinheiro disponível para utilização a partir de sábado. “É um cartão multirede, Alelo, isso vem como um auxílio porque já estamos fazendo os atendimentos com a cesta básica. Esse cartão pode ser usado em vários comércios como farmácias e açougues”, salientou Marietta.

Entre os que receberão o reforço financeiro estão 1.177 famílias em situação de extrema pobreza, com renda per capita mensal de R$ 0 a R$ 89, mais 2.484 famílias em situação de pobreza, com renda per capita mensal de R$ 89,01 a R$ 178 e 2.190 de baixa renda, com renda per capita mensal de R$178,01 a meio salário mínimo.

Para dar agilidade ao serviço, o Fundo Social de Solidariedade fez um parceria com a secretaria de Saúde para que os agentes comunitários de Saúde e agentes de Vetores auxiliem nas entregas por já conhecerem as regiões de acordo com a atuação rotineira.

A vice-prefeita orientou ainda, que as pessoas devem ficar em casa para receber o cartão e preferencialmente que invistam os recursos no comércio local. “Vamos fomentar o comércio da nossa cidade. É um programa de R$ 1,5 mil e estamos vivendo situações nunca vividas, todo mundo com muita dificuldade e o comércio também. Então vamos utilizar esses recursos no comércio de Lorena mesmo”.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?