5º BIL de Lorena faz homenagem a soldados mortos no Haiti em 2010

Participação de famílias durante homenagem aos militares mortos há dez anos, em terremoto no Haiti (Foto: Eder Billota)

Bruna Castro
Lorena

Familiares e amigos dos combatentes que perderam a vida no terremoto que atingiu o Haiti, em 2010, puderam homenagear os entes queridos no último dia 13. Dez anos após a tragédia, o 5º Batalhão de Infantaria Leve Regimento Itororó, organizou durante formatura anual, o evento “Homenagem ao Heróis do Haiti”, que contou com a presença do comandante do regimento, o tenente-coronel Maurício Aparecido França.

As homenagens contaram com a realização de cultos religiosos no domingo, com a celebração de uma missa na Catedral Nossa Senhora da Piedade e um culto Evangélico na Igreja Quadrangular, com participação das famílias dos militares mortos.

O abalo sísmico de magnitude 7 na escala Richter, que matou cerca de 220 mil pessoas ocorreu a poucos quilômetros da capital Porto Príncipe. Dentre as vítimas estavam 21 brasileiros, militares e civis que faziam parte de missão de paz pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Ao todo 18 militares morreram durante a missão, entre eles dez pertenciam ao 5º BIL, o 1º tenente Bruno Ribeiro Mário; 2º sargento Davi Ramos de Lima; 2º sargento Leonardo de Castro Carvalho; 3º sargento Rodrigo de Souza Lima; cabo Douglas Pedrotti Neckel; cabo Washington Luis de Souza Seraphin; soldado Tiago Anaya Detimermani; soldado Antonio José Anacleto; soldado Felipe Gonçalves Júlio e o soldado Rodrigo Augusto da Silva.

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?