Bastidores da Política

Aposentadoria indireta

 

Edson Mota
Edson Mota

A notícia que o prefeito Edson Mota está articulado com a maioria dos vereadores a criação do Serviço Autônomo de Água e Esgoto em Cachoeira Paulista, como prelúdio de um movimento para expulsar a Sabesp da cidade, não agradou a maioria dos cachoeirenses.

Em meio à classe pensante da cidade, a suspeita de uma nítida manobra para posteriormente contratar uma empresa do ramo para cuidar servido. A maledicência já vulgarizou pelas esquinas, dizendo que estão querendo promover a aposentadoria indireta para muitos que exercem mandato neste período.
Perguntem ao vereador ‘filhinho de mamãe’!

A missão

Tem ‘gente’ tentando reunir o remanescente do ninho tucano de Guará, para formar uma ‘tropa de elite’ com a missão de retomar o comando da cidade em 2020. Segundo patuleia, o start será dado no próximo dia 8, em função da convenção do partido, onde eles pretendem reunir tucanos do ‘baixo clero’ e os de plumagem ‘nobre’ para atribuir tarefas e definirem a ‘missão’. Ah! Parece que o Toninho Malvadeza está com book de viúvas de vários palanques para filiarem-se no partido.

Não convidem para…
…a mesma picanha o vereador Maurinho Fradique e o engenheiro João Bosco Romeiro, principalmente se o assunto for a disputa pelo diretório do PSB de Lorena!

Passaporte carimbado

Vito Ardito
Vito Ardito

O ex-prefeito de Pinda, Vito Ardito comemorou esta semana com amigos e poucos correligionários (já que muitos já debandaram) a aprovação das contas de sua gestão relativas ao ano de 2015 pela Câmara Municipal, em atenção ao que o Tribunal de Contas já havia comentado.

O fato acabou viralizando a expectativa de seu nome para corrida eleitoral do ano que vem.

Parceria 2018/2020

Rafael Goffi e Ronaldo Pipas
Rafael Goffi e Ronaldo Pipas

Circulou nas principais rodas políticas de Pinda que a suposta parceria entre os vereadores Ronaldo Pipas (ainda PR) e Rafael Goffi (ainda PSDB) terá efeito duplo.

Disseram que o apoio de Ronaldo na campanha de Goffi a deputado federal, será recompensada pela aliança de ambos na eleição municipal de 2020, ou seja, um para prefeito e outro para vice.

O que muitos querem saber
O que rolou de tão importante para motivar a visita do secretário Alexandre Dias ao gabinete do vereador Fabrício Aeronáutica esta semana? Disseram que a curiosidade da galera agitou os corredores e ‘labirintos’ da Câmara de Guará, principalmente quando souberam que o Antonio José participava da recepção ao homem da Promoção Social. Talvez seja por isso que transformaram a conversa em ‘código morse’, para não correr o risco dos vizinhos de divisórias ouvirem???

Miséria pouca é bobagem

Ernaldo Marcondes
Ernaldo Marcondes

Decididamente os dias já foram melhores para o prefeito de Aparecida, Ernaldo Marcondes. Se não bastasse o desgaste de transferir a administração do Pronto Socorro ao custo de R$330 mil mensais ‘das mãos’ da Santa Casa para uma OS, contratada emergencialmente, simultaneamente a outra empresa que administra o atendimento dos postos de atendimento na cidade está  com o contrato vencido e 114 funcionários com a ‘faca no pescoço’.

Enquanto a batata do prefeito assa pelos ‘corredores da saúde, bem em frente ao hospital os ‘olheiros’ da oposição assistem o ‘espetáculo’ na arquibancada numerada da Pizzaria do Augusto. Perguntem ao Chafic!

Questão de ética ou…
…a ‘tanga tá frouxa? Enquanto ‘baluarte’ da oposição de Lorena pronuncia seus devaneios contra a administração pública e toda sorte baixaria na tribuna da Câmara, sempre obedecidos pelos seus asseclas, a população pensante da cidade indaga do presidente do Legislativo (o de direito, porque o de fato é outro) sobre a abertura de uma CEI ou a convocação da própria Comissão de Ética para investigar o ‘caso Adevaldir Ramos’, acusado de concussão – segundo o código penal, artigo 316 – crime praticado por funcionário público, em que este exige, para si ou para outrem, vantagem indevida, direta ou indiretamente. Ah! Pasmem, parece que o Adevaldir é o presidente da tal Comissão de Ética?!?!? Com a palavra o ‘Tão Tão distante’!

Herança ‘otaciliana’
Enquanto a Câmara de Piquete procura ‘pelo em ovos’ para tentar complicar a vida da prefeita Teca Gouvêa, sua administração segue ainda pagando a conta do governo pa$$ado. Esta semana corre pelas esquinas da cidade que a Justiça ameaça deixar a Prefeitura inadimplente, se Teca não pagar um recente precatório de R$ 400 mil, proveniente de acordos trabalhistas que o ex-prefeito Otacílio Rodrigues deixou de pagar em seu período. Também, o que são R$ 400 mil comparados aos R$ 13 milhões que ela pagou de dívidas acumuladas quando assumiu a Prefeitura em 2013???

Protesto oportuno

Dada Diogo
Dada Diogo

A população de Cachoeira Paulista aplaudiu esta semana o projeto da vereadora Dada Diogo que buscava garantir 80% das vagas de empregos aos moradores da cidade nas empresas que venham prestar serviços no município.

O projeto foi barrado ‘misteriosamente’ nas comissões da Câmara, segundo a ‘voz da periferia’, talvez por oferecer risco aos contratados pela Prefeitura residentes em outras cidades. Dada teve a iniciativa apoiada diretamente pelos colegas Tião do Marly e Nenê do São João.

Preço de banana
A polêmica sobre as dificuldades da administração Marcus Soliva em liberar subvenção às festas de Guaratinguetá dividem opiniões pelos cafezinhos da cidade. E para ‘apimentar’ a situação, após a Prefeitura liberar esta semana R$ 17 mil para a Festa das Bananas, em detrimento da Festa de Frei Galvão que se encontra na contagem regressiva para seu acontecimento e que até o momento sem nenhuma valor foi liberado, a coisa pegou fogo. Disseram que a maledicência só começou a esfriar quando chegou a informação que o líder de governo na Câmara, João Pita, estava ‘articulando’ com os vereadores de oposição a aprovação do projeto de Soliva que libera o recurso solicitado pelo Padre.

Alinhando por cima

Deputado Vaz de Lima e Renato Marton
Deputado Vaz de Lima e Renato Marton

Quem transitou pela Assembleia Legislativa esta semana foi o empresário e presidente do Clube Comercial de Lorena, Renato Marton.

Pelo que se ouviu nos corredores da Casa de Leis do Estado, é que além de retribuir a visita do deputado Vaz de Lima no início do mês em Lorena, falaram que os tucanos conversaram sobre o próximo período eleitoral e consideraram as supostas mudanças que deverão ocorrer para pleito de 2020, onde naturalmente Renato busca se viabilizar para concorrer ao Executivo.

Perguntem ao Capitão Elton!

Perguntar não ofende
É fato comprovado que o vereador Samuel da Canção Nova, após dar o voto decisivo para preservar as finanças da Unimed, em detrimento ao valor do ISS que deveria ser recolhido à Prefeitura de Lorena, já conseguiu empregar sua irmã no hospital???

Prejuízo ao erário
A queda de braços entre governo e oposição na Câmara de Silveiras na última quinta-feira gerou um prejuízo incalculável neste primeiro momento. A Prefeitura, que buscava através de um projeto de lei regulamentar a execução tributária (cobrança de ISS das grandes empresas que operam comercialmente no município), vai deixar de receber estes valores até 2019. Quatro vereadores de oposição, Carlos do Nézio, Felipe Cardoso, Dirceu Sárita e Marco Aurélio aproveitaram a ausência de um governista para barrar o projeto por 4 votos a 3. O presidente do Legislativo Sidnei, sempre a favor da governabilidade, não pode fazer nada para impedir, porque só votaria no caso do empate.

Efeito surpresa

Celão
Celão

Não vai ser por falta de candidatos que Guará vai deixar de ter representante na Assembleia Legislativa a partir de 2019.

Embora as evidências destaquem Regis Yasumura (agora PSB) neste pré aquecimento eleitoral, esta semana foram confirmados mais dois nomes: Argus Ranieri (PMDB) dobrando com o federal Baleia Rossi, e por último e bem comentado pelas lideranças de bairros da cidade, Marcelo Coutinho, o Celão, que num primeiro momento aceitou o desafio de dobrar com Marco Bertaiole unindo os votos de Guará e Mogi das Cruzes.

Em Baixa
A Câmara de Aparecida, por não dar a devida publicidade aos trâmites da Comissão Processante instaurada para decidir a situação do vereador Elcio Ribeiro, o Elcinho, que segue afastado pela Justiça. Moradores reclamam do ‘silêncio’ adotado pela Casa de Leis na investigação do parlamentar, que além da cabível quebra de decoro pela acusação de ter tentado obter vantagens, acabou preso na Operação Leviatã. Para indignação popular, Ribeiro conseguiu receber seus subsídios atrasados, referentes ao período em que esteve preso. Com a palavra, o Legislativo!

Em Alta
O Manthiqueira, que fez neste sábado a partida mais importante de sua curta, mas louvável história. Depois de seis temporadas, o clube comandado por Dado de Oliveira conquistou o acesso e seu primeiro título.

A Laranja, assim como a seleção holandesa fez em 1974, mostrou que é possível construir uma equipe competitiva tendo como base um futebol que foca o espírito esportivo e a ética, deixando de lado o “vale tudo pelo resultado”. Em tempos de pouca ética na política regional, um bom exemplo vindo dos campos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>