Sem assinaturas, Câmara de Pinda arquiva CEI da Covid

Pedido de petista para que a comissão fosse aberta não garantiu apoio necessário para investigação sobre investimentos na pandemia

O vereador Herivelto Vela, autor do pedido de abertura de CPI, em Pinda (Foto: Arquivo Atos)

Bruna Silva
Pindamonhangaba 

A Câmara de Pindamonhangaba arquivou, na última segunda-feira (10), o pedido de abertura da CEI (Comissão Especial de Inquérito) sobre a Covid-19. A comissão não acatada por falta de assinaturas necessárias, como pede o regimento da Casa.

O pedido de abertura foi elaborado pelo vereador Herivelto Vela (PT), que destacou que o foco estaria na apuração e utilização dos recursos enviados pelo Estado e Governo Federal, além do tesouro municipal, para o enfretamento ao coronavírus. Mas a ação teve de ser arquivada por falta de assinaturas. Era necessário que ao menos quatro parlamentares assinassem para a instauração da CEI. Apenas Vela, Magrão (PL) e Norbertinho (PP) apoiaram a iniciativa do petista.

Vela afirmou que a CEI teria como objetivo apurar os gastos feitos para o combate ao vírus. Ele chegou a mencionar também as mais de 270 mortes causadas pela Covid-19, além da alta ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva. “São nomes, são pessoas próximas que tem perdido a vida e foi recebido R$ 30 milhões. Tentamos aí fazer a abertura de uma CEI”, enfatizou Vela, instantes antes de rasgar o documento ainda no plenário.

Ao Jornal Atos, o vereador Norbertinho comentou que está buscando “levantar as notas fiscais” para análise. Ele enfatizou também o fechamento de duas UPA’s (Unidades de Pronto Atendimento), que passaram a atender exclusivamente pacientes contaminados pelo Sars-Cov2, o que teria causado sobrecarga no atendimento no Pronto Socorro Muncipal. A reportagem buscou ainda um posicionamento do vereador Magrão, mas ele preferiu não comentar, limitando-se ao agradecimento do contato.

Contaminação – De acordo com o último boletim epidemiológico, Pindamonhangaba registrou 12,3 mil casos confirmados de Covid-19 e 275 mortes. Cerca de 3,8 mil moradores ainda aguardam o resultado dos testes para a doença.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?