Teatro BuZum passa por Lorena, Guará e Aparecida

Peças gratuitas abordam cultura indígena nas escolas públicas da região

Parte do espetáculo Curumim que passará pela região (Foto: Renan Perobelli)
Parte do espetáculo Curumim que passará por escolas públicas da região (Foto: Renan Perobelli)

Da Redação
Região

Arte e cultura gratuitas para alunos e adultos da rede pública regional. Essa é a expectativa que veio com o início de agosto em Lorena, Guaratinguetá e Aparecida, cidades que recebem os espetáculos da companhia teatral itinerante BuZum, que tem como destaque nesta edição o tema indígena.

O ônibus-teatro, que circula todo o país, está de volta ao Vale do Paraíba. Com sete sessões diárias, a companhia passará por Lorena e Guará entre os dias 13 e 16 de agosto com a peça Curumim, uma homenagem à cultura indígena, aos costumes desse povo e a relação com a fauna e flora regional brasileira. “Nós escolhemos contar uma das inúmeras histórias indígenas, a “Origem da Mandioca”, essa raiz brasileira tão presente na nossa culinária e cultivada pela primeira vez pelos povos indígenas”, salientou a diretora de produção do BuZum, Mariane Gutierrez.

Com o foco no público-alvo infanto-juvenil, a criação conta a história de uma aldeia no meio da floresta, que em um belo dia teve o nascimento de Mani, uma menina bem branquinha e muito diferente de todos os curumins da aldeia. Algum tempo depois, a aldeia passou por um momento de escassez de comida e todos passaram fome. Os peixes sumiram e as árvores pararam de dar frutos. E de repente, sem que houvesse alguma explicação, Mani deixou de viver.

Posteriormente, de dentro da oca onde morava, nasceu uma planta muito diferente, que tinha uma raiz branquinha por dentro, como Mani. Deram então o nome de Mani Oca, Mandioca, essa raiz tão poderosa, que foi capaz de saciar a fome de todos da aldeia.

Em Lorena, as apresentações serão realizadas nos próximos dias 13 e 14; e em Guaratinguetá nos dias 15 e 16 com sete sessões, às 9h, 9h40, 10h20, 11h, 13h30, 14h10 e 14h50. A companhia ainda não divulgou as datas em que passarão pelas escolas de Aparecida.

Gratuidade – De acordo com uma pesquisa realizada pela consultoria JLeiva Cultura e Esporte, em parceria com o Datafolha, em 2018, 32% da população brasileira depende de acesso gratuito para ir a eventos culturais.

Com o objetivo de levar cultura e arte para crianças, jovens e adultos, o projeto BuZum, apresentado pelo Ministério da Cidadania e pelo Instituo CCR, por meio da Lei Rouanet, está há nove anos percorrendo o país.

Neste ano, o roteiro completo do projeto contará com aproximadamente duzentos dias de apresentações em oito estados, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul e Ceará.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

× Como posso te ajudar?