Cidades têm R$ 100 milhões garantidos para Arco da Fé

Orçamento do projeto viário que interliga Roseira, Aparecida, Potim e Guará pode chegar a R$ 200 milhões

O prefeito de Aparecida Ernaldo Marcondes durante apresentação do Arcos da Fé, na Câmara da cidade (Foto: Leandro Oliveira)
O prefeito de Aparecida Ernaldo Marcondes durante apresentação do Arcos da Fé, na Câmara da cidade (Foto: Leandro Oliveira)

Leandro Oliveira
Guaratinguetá

O anel viário “Arco da Fé” já tem um custo estimado. Durante explicação sobre o projeto na Câmara da cidade, o prefeito de Aparecida, Ernaldo César Marcondes (PMDB), destacou que o valor do investimento é de R$ 202 milhões. O grupo de cidades, que além da capital católica, conta com Guaratinguetá e Potim, já contaria com R$ 100 milhões para o custeio das obras.

A proposta tenta tirar do papel o projeto que interliga as cidades para dar a região uma nova opção de acesso aos bairros afastados das regiões centrais, além de ser uma alternativa diferente para o acesso à rodovia Presidente Dutra.

Com pouco mais de 13,5 quilômetros de extensão, dois grandes anéis viários na divisa de Aparecida e Guaratinguetá e viadutos, o projeto é tratado como prioridade pelos líderes municipais. “É um grande avanço para a região, para o desenvolvimento das cidades. Nossa força é muito maior, por isso estamos pleiteando e conseguindo os recursos”, contou Marcondes.

Após o discurso no plenário aos vereadores e ao público, Marcondes confirmou o que havia afirmado sobre os R$100 milhões garantidos. “A metade do projeto já foi liberada, segundo o Governo Federal, assim que a gente terminar de concluir todos os licenciamentos para que a obra possa ser executada”, destacou.

Há duas semanas, o prefeito de Guaratinguetá, Marcus Soliva (PSB), enfatizou que o projeto pode alavancar o desenvolvimento das quatro cidades. “Isso gera possibilidade do crescimento, em especial, de Guaratinguetá. Nós temos em torno de mil alqueires na região do Santa Luzia, em direção a Serra da Mantiqueira. É muita área para empreender e desenvolver. Temos que levar o acesso até lá”.

Na última semana, Marcondes seguiu na mesma linha do discurso. Para o prefeito de Aparecida, se concluído, o Arco da Fé fará com que a região expanda as áreas industrial, comercial e empresarial.

Para Aparecida, o prefeito acredita que a área verde, de várzea, entre os bairros Vila Mariana e Santa Terezinha, pode ser o principal ponto de desenvolvimento.

Brasília – Nesta terça-feira, Ernaldo César voltou à Brasília. Ele adiantou que tinha compromissos de agendas com ministros na capital federal. Um dos encontros dele foi com o ministro dos Transportes, Maurício Quintella, com quem Marcondes abordou o projeto do Arco da Fé.

2 comentários em “Cidades têm R$ 100 milhões garantidos para Arco da Fé

  • 11 de maio de 2019 em 12:28
    Permalink

    Artigo excelente! Só informação de qualidade, meus parabéns ao autor (a), é esse tipo de informação que me leva a ler todos os dias temas como este.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

× Como posso te ajudar?