Bastidores da Política

As voltas da política

Edgar, Fabiano Vieira, João Cury, Dimas da Santa Casa, Nenê do São João e Vica
Edgar, Fabiano Vieira, João Cury, Dimas da Santa Casa, Nenê do São João e Vica

O ex-prefeito Fabiano Vieira acompanhou esta semana os vereadores de Cachoeira Paulista Nenê do São João (presidente da Câmara), Vica e Dimas da Santa Casa num encontro na Fundação de Desenvolvimento da Educação.

Eles assinaram um convênio que libera R$ 400 mil para reforma das escolas Paulo Virgínio e Regina Pompeia Pinto. O recurso foi um pedido do deputado Campos Machado ao presidente da Fundação  João Cury, que junto com o coordenador regional Edgar, participaram do ato das assinaturas.

Na oportunidade Fabiano informou outra verba na ordem de R$ 1 milhão, também a pedido de Campos Machado ao FID – Fundo de Interesses Difusos, e destina-se a reforma do teatro municipal da cidade.

Armando barraca na…
…sombra alheia De repente, o projeto da Univesp – universidade a distância – do ainda vice-governador Márcio França, passou como ‘sonho simultâneo’ de todos políticos da região. Esta semana a cena se repetiu na inauguração do Polo em Aparecida, com a declaração do presidente da Câmara Marcelo Marcondes: “este projeto que hoje vira realidade, é um sonho meu e do prefeito Ernaldo desde criancinhas…”.

Salvando a lavoura
Ainda sobre a inauguração do polo da Univesp em Aparecida, se não fosse a presença do presidente da instituição Ricardo Bocalon para representar o idealizador Márcio França, era possível que a paternidade do projeto escapasse para mãos alheias. Disseram que não faltou na solenidade presenças ‘oportunas’ para sair na foto, inclusive a do deputado Chico Sardelli, do PV.

Baixa representatividade
A semana foi marcada por entregas de conjuntos habitacionais do CDHU no eixo Canas-Cachoeira Paulista. Enquanto o prefeito Lucemir do Amaral contou com as participações do presidente da Companhia Nédio Rosselli, autoridades locais e regionais e do prefeito da vizinha cidade de Silveiras, Guilherme Carvalho, o prefeito de Cachoeira Edson Mota, amargou baixa frequência em seu palanque. Disseram que nenhuma autoridade relevante ousou atravessar a divisa de município para prestigiar a entrega de somente 1/3 das casas do bairro São José. Das 150 unidades que se arrasta em construção desde 2003, apenas 60 ficaram prontas. Assim mesmo…

Conexão Litoral – Vale

Michelli Veneziani
Michelli Veneziani

Entre novos e conhecidos nomes que desfilarão na passarela eleitoral desta temporada, Michelli Veneziani (primeira-dama de São Sebastião) deverá subir a Serra em busca dos votos nas cidades do Vale, principalmente de quem busca mudanças no cenário da Assembleia Legislativa e Câmara Federal.

Sempre atuando junto ao seu pai, o ex-prefeito de Caraguá, Antonio Carlos, Michelli tem discurso convincente e projeto político definido.

Com várias parcerias nas cidades do Litoral Norte, a pré-candidata pode ser a futura voz feminina no Estado.

Reajuste
O prefeito de Lorena Fábio Marcondes aprovou mais um reajuste salarial esta semana. Após conceder aumento de 4% aos servidores, a Câmara aprovou o projeto que eleva os vencimentos dos conselheiros tutelares da cidade, em atenção à reivindicação do setor. Com estes acertos da remuneração do funcionalismo público local, Lorena passou ser referência para negociações nos municípios da região e ponto de apoio para sindicatos como o de Guará, protestar contra os 2% oferecidos pelo prefeito Marcus Soliva. Perguntem ao Eduardo Ayres!

E por falar em Guará…
…o prefeito Marcus Soliva e o vereador João Pita estiveram no bairro da Rocinha esta semana anunciando mais de 75 braços de iluminação pública no local, através do ‘Programa Mais Luz’ idealizado pela administração pública. Eles foram recebidos por moradores e líderes e participaram com toda equipe de governo do prefeito de uma programação especial de Páscoa na escola Antonio da Cruz Payão, do bairro.

Plano ‘milhas’
Corre na boca pequena de Lorena, que das frequentes idas e vindas do vereador Careca da Locadora à Brasília, supostamente atrás de verbas federais, nenhuma até o momento passou do patamar de ofícios de intenção. Por outro lado, parece que seu plano de milhas, oriundas das passagens aéreas que o município pagou até o momento, já daria o suficiente para dar duas voltas ao mundo. Perguntem no Tribunal de Contas que está pesquisando os valores…

CPI na Câmara
O tom dos debates na Câmara de Lorena voltou esquentar esta semana, com a proposta do vereador Elcio Vieira Jr de abertura de uma Comissão Parlamentar de Investigação. Em meio aos ‘adjetivos’ e ataques proferidos pelo parlamentar durante a sessão, a proposta é investigar aquilo que ele chamou desaparecimento de farta documentação dos anais da Casa de Lei, no período de 2013 a 2016. Pelo que se ouviu nos corredores, Vieira atribuiu o ‘sumiço’ do acervo de documentos ao ex-vereador Carlos Coelho, até porque ele foi o ‘esculachado’ da noite…

Reação no mercado
Em resposta à denúncia levantada na sessão de Câmara de Lorena desta segunda-feira, os bem informados da política local entenderam que se tratava dos documentos referentes ao histórico do Legislativo no período que Vieira Junior presidiu ‘Casa de Leis’ (2009 a 2012). Disseram que a documentação que ele deu falta é exatamente a que preservou processos e mais processos licitatórios, que somados a outros procedimentos, serviu de base também a uma investigação presidida pelo ex-vereador Carlos Coelho, que relatou ‘mandos e desmandos’ de sua época ao Ministério Público, onde seguramente está tudo bem guardado.

Vontade política
Num conjunto de ações e procedimentos que beneficia a população de Pinda, o prefeito Isael Domingues avançou com a abertura de regularização dos imóveis construídos na ilegalidade. A ação prevê a uniformidade e legalização das construções em pelo menos 21 áreas do município e a custo zero, com exceção da taxa de licença. O fato repercutiu positivamente nas mais diferentes esferas sociais da cidade, e o único ponto crítico para oposição é a lista dos beneficiados, com CEP’s pertencentes a políticos bem sucedidos que gravitam entre a Câmara e Prefeitura. Perguntem aquele latifundiário com mandato!

Jogo da oposição
Corre na boca pequena de Pinda que a ameaça do vereador Rafael Goffi em enviar o relatório da CEI do IPTU Complementar ao Ministério Público, caso seja arquivada, tem a finalidade de fazer o ‘prefeito sangrar’ no mercado político. Mesmo sendo relator da Comissão, muitos acreditam na consciência do parlamentar, que a atitude da administração em cobrar o tributo foi correta, para não incorrer na evasão de receita. Perguntem ao Felipe Cesar!

Não convidem para…
…a mesma picanha os vereadores de Lorena Fabio Longuinho e Fabio Matos, principalmente se o churrasqueiro for o Maurinho Fradique e a festa for em comemoração ao desempenho do Fadenp!

Política conjugada
Parece que a parceria Executivo e Legislativo de Potim está garantida para grandes projetos. A prova disso foi a presença do presidente da Câmara, Rivelino, com a prefeita Erica Soler no Palácio do Governo, na última semana, buscando verba para investimento na saúde.

Vencendo a maré
Já tem apostas favoráveis a prefeita Erica Soler para uma eventual reeleição em Potim. Segundo a boca pequena, mesmo com perigo iminente do ‘fogo amigo’ na administração, ela acumula crédito junto aos eleitores para mais quatro anos.

Banana para a oposição
Os moradores de Pinda que acompanharam as recentes críticas dos opostos ao governo de Isael Domingues já ‘botaram o pé no freio’. A última peripécia da “Turma do Joga Contra” foi atribuir ao prefeito a culpa pela confirmação da morte de um macaco por febre amarela. Só que para desespero da oposição, as críticas ficaram no “vácuo” em meio a duas outras noticias relevantes. Além do Caged apontar Pinda como a cidade que mais gerou empregos em fevereiro no Vale, o Executivo anunciou que regularizará  todos os imóveis clandestinos do município.

Em Alta

Pinda… O projeto do Executivo que possibilita a regularização de construções em desacordo com o código de postura da engenharia municipal, que mostrou que a administração Isael Domingues não pensa em social somente em termos de assistencialismo. Em uma visão mais ampla, a Prefeitura conseguiu com esta ação duas situações excepcionais: garantir a dignidade de uma quantidade significativa de famílias por saírem da ilegalidade e aumentar a arrecadação do município, sem ‘terrorismo’ do aumento no valor dos impostos. O projeto causou ciúmes em quem “dormiu no ponto”, e já é apontado como carta na manga para…

Em Baixa

Lorena… O vereador Elcio Vieira Junior, que acusou Carlos Coelho, ex-vereador, de roubar documentos da Câmara entre os anos de 2013 e 2016. O que causou discórdia não foi apenas o pedido de abertura de CPI para investigar o caso, o que obteve votação unânime, mas foi a forma como Elcinho tratou o caso e o próprio ex-vereador, chamando Coelho de ladrão na tribuna, antes mesmo que o caso seja investigado. Será que Vieira tem uma visão tão privilegiada sobre os mortais que ele não precisa nem mesmo de uma mera CPI para condenar alguém? Até quando vai o aval para que ele possa falar o que quer, a qualquer hora e denegrir quem ele quer?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>