Vito recebe Alckmin e Kassab para lançamento de mais 1.500 apartamentos

No aniversário da cidade, Prefeitura de Pinda faz o lançamento das obras de 136 milhões

Governos Federal (Gilberto Kassab) e Estadual (Geraldo Alkcmin) dividem palanque com o prefeito tucano Vito Ardito para o lançamento das 1536 moradias em Pindamonhangaba (Foto: Ana Camila Campos)
Governos Federal (Gilberto Kassab) e Estadual (Geraldo Alkcmin) dividem palanque com o prefeito tucano Vito Ardito para o lançamento das 1536 moradias em Pindamonhangaba (Foto: Ana Camila Campos)

Ana Camila Campos
Pindamonhangaba

Para celebrar os 310 anos de Pindamonhangaba, a cidade recebeu o governador do Estado, Geraldo Alckmin, o ministro das Cidades, Gilberto Kassab entre outras autoridades para o lançamento das obras de 1536 apartamentos, que integrará o loteamento “Bem Viver”, próximo ao bairro do Araretama.

A solenidade aconteceu na manhã do dia 10 de julho e contou com a presença expressiva da população que, após o cerimonial, pôde se cadastrar a fim de ser beneficiada pelo programa.

O ministro das Cidades, Gilberto Kassab, falou sobre os investimentos do Governo Federal em habitação e disse que esses programas possuem várias fases – o empreendimento faz parte da terceira fase do Minha Casa Minha Vida. “Esse empreendimento vai custar R$ 136 milhões sendo que o Governo Federal irá comparecer com R$ 103 milhões; o Governo do Estado com 30 milhões”, apontou.

Em sua fala, o governador Geraldo Alckmin disse que a melhor maneira de comemorar o aniversário da cidade é trabalhando com ela e melhorando a vida da população. “As obras já começaram, a terraplanagem está sendo feita e as equipes construtoras já estão aqui. Haverá infraestrutura de água, esgoto, asfalto, paisagismo, áreas para comércio, serviços e muito emprego também, o que ativa a economia”, disse. Segundo ele, a previsão é que com as obras sejam gerados 1800 empregos.

Alckmin acrescentou que assim como as avenidas Nossa Senhora do Bonsucesso e Manoel César Ribeiro, e rodovia Vereador Abel Fabrício Dias (antiga SP 62), há projeto para duplicar a estrada que liga Pindamonhangaba às cidades de Taubaté e Tremembé, também beneficiando a região.

O prefeito de Pindamonhangaba, Vito Ardito Lerario, destacou que não será somente um conjunto habitacional, pois terá escolas – municipal e estadual, creche, posto de saúde além de lotes, que serão vendidos para terceiros. A área verde também será preservada e serão plantadas mais de duas mil árvores. “As pessoas irão morar com qualidade de vida e estrutura. É gente morando com responsabilidade e dignidade”.

Ele também enfatizou o investimento da Administração Municipal em moradia, pois além do “Bem Viver”, serão entregues 94 apartamentos do CDHU no Azeredo, em Moreira César, no mês de agosto; serão construídas mais 240 moradias no loteamento Ayako Honda e mais 200 lotes no Jardim Primavera, onde já está sendo feita terraplanagem. Incluiu na lista as casas do CDHU no Nova Esperança, que já foram entregues e também em Moreira César, Castolira e Liberdade.

Porém, ainda assim, o problema de habitação no município não será totalmente solucionado, pois Pinda permanecerá com um déficit que, segundo Vito, é de aproximadamente 1500 famílias.

Estrutura – O terreno compreende 460 mil m² de área, localizado na estrada do Mombaça, sem número.
Cada apartamento terá 43,26 m² de área útil e 47,45 m² de área total. Terão estrutura básica padrão com área de lazer, dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro, área de serviço, piso cerâmico em todos os cômodos, azulejos nas paredes da cozinha e banheiro, medição individualizada de água, acessibilidade e outras melhorias.

O conjunto contará com infraestrutura urbana completa, pavimentação, paisagismo, iluminação pública, redes de água, esgoto e elétrica, quadra poliesportiva, playground e centro comunitário. São R$ 20 mil investidos por apartamento e a verba oriunda do Estado será a fundo perdido. A construtora responsável é a SPL Engenharia.

Candidatos a moradias do ‘Minha Casa Mina Vida’ se aglomeram para ouvir chamada dos inscritos, no dia do lançamento (Foto: Ana Camila Campos)
Candidatos a moradias do ‘Minha Casa Mina Vida’ se aglomeram para ouvir chamada dos inscritos, no dia do lançamento (Foto: Ana Camila Campos)

Benefício para população – Os apartamentos serão destinados às famílias cuja renda mensal é de até R$ 1.600 – perfil que se encaixa no programa “Agência Casa Paulista”. Os beneficiados não podem ter participado de nenhum outro programa habitacional e o prazo para quitar o imóvel é de 120 meses. As prestações variam de R$ 25 a R$ 80.

A previsão é que a entrega dos imóveis seja feita em 18 meses.

O investimento faz parte de uma parceria entre os governos do Estado e Federal, executada pela Casa Paulista, agência de fomento habitacional, e pelo Minha Casa Minha Vida. Os agentes financeiros são a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil.

Mais eventos – Ainda na sexta-feira (10), o governador compareceu ao lançamento da pedra fundamental da sede da delegacia de Moreira César, que agora será própria, e também fez a entrega de equipamentos e veículos para o Corpo de Bombeiros que atende Pindamonhangaba e algumas cidades da região – eventos realizados em sequência.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?