Por equilíbrio, Pinda planeja novo Programa de Desligamento Voluntário

Sistema com foco em 2022 deve receber pedidos até 30 de novembro; proposta já foi utilizada em 2018

A Prefeitura de Pinda, que planeja um novo PDV com foco na diminuição de prejuízos ao município (Foto: Bruna Silva)

Bruna Silva
Pindamonhangaba 

Pindamonhangaba está planejando um novo PDV (Programa de Desligamento Voluntário) para o próximo ano. O foco está em dar oportunidade de demissão aos funcionários que desejam desligar-se do serviço público. O primeiro PDV ocorreu em 2018, buscando alocar de forma satisfatória os recursos humanos, além de garantir equilíbrio financeiro e modernização da gestão.

Segundo o secretário de Administração, Marcelo Martuscelli, a ação ocorre novamente para que haja um planejamento correto e controlado das projeções financeiras e orçamentárias, visando a diminuição de prejuízo nas demandas do município. “Estamos lançando essa consulta e pedimos que o servidor realize a manifestação de interesse através do site da Prefeitura, conforme circular que estamos soltando através do departamento de Recursos Humanos”, afirmou.

Em 2018, mais de cem servidores acolheram a demissão e a gestão investiu cerca de R$ 3,1 milhões para o acerto de valores de incentivo, além de verbas rescisórias. Para esta nova fase do programa, a expectativa é que sejam atendidos os servidores que se aposentaram com data anterior à Emenda Constitucional nº103, de novembro de 2019. Após esta data, com as novas regras da reforma previdenciária, todos os servidores que pedirem a aposentadoria serão desligados de forma automática. “Queríamos ter feito a segunda etapa do programa esse ano, porém, em virtude da pandemia e da LC 173, que traz uma série de restrições no tocante aos servidores públicos, não conseguimos. Agradecemos muito ao Sindicato e à Associação dos Servidores Públicos com quem realizamos diversas discussões e esperamos que o programa repita em 2022 o mesmo sucesso da sua primeira edição”, enfatizou o prefeito Isael Domingues (PL).

Os trabalhadores que aderirem ao PDV, até 30 de novembro, terão direito a até dez vencimentos mensais, além de dez cestas básicas, conforme tempo de serviço. O interessado deve procurar a plataforma digital do Município (sistema.pindamonhangaba.sp.gov.br/app/pdv/), até o fim do próximo mês. A projeção é que a adesão ocorra ainda no primeiro semestre de 2022.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?