Polícia de Pinda não descarta ação do “tribunal do crime” em cemitério clandestino

Estado avançado de decomposição e falta de documentos prejudica identificação imediata das três vítimas

Covas clandestinas descobertas na zona rural de Pinda; Civil segue com investigações (Foto: Divulgação PM)

Bruna Silva
Pindamonhangaba 

A Policia Militar encontrou, na tarde da última segunda-feira (19), um cemitério clandestino na zona rural de Pindamonhangaba. A suspeita é que o espaço esteja ligado ao “tribunal do crime”, os corpos ainda não foram identificados.

De acordo com as primeiras informações veiculadas, os três corpos foram encontrados no espaço, numa estrada municipal na região do Taipas. Os policiais chegaram ao local após a denúncia de um morador que sentiu forte odor e a terra revirada.

O caso segue em investigação da Polícia Civil e os agentes não descartaram a possibilidade que os homens tenham sido vítimas do “tribunal do crime” e assassinados mediante comande de uma facção criminosa.

O trecho da estrada municipal João Marcondes dos Santos segue isolado para o andamento das investigações. A Polícia Militar contou com o apoio do Corpo de Bombeiros para a retirada dos corpos das covas. Até o momento, ninguém foi preso.

Ainda de acordo com a responsável pela PM em Pindamonhangaba, Lucimeire Jeronymo, os corpos ainda não puderam ser identificados devido ao estado avançado de decomposição e falta de documentos pessoais. Informações que ainda serão levantadas pela perícia da Polícia Civil no inquérito.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?