Pinda recebe lançamento de “Residencial Evidências” com a presença do Chitãozinho

Cantor e empresário é parceiro da empresa Exsa Urbanismo, responsável pelo novo empreendimento; mais de quatro mil novos postos de emprego devem ser gerados

Apresentação do projeto e planta do Residencial a Chitãozinho; loteamentos devem contar com mais de mil unidades (Foto: Bruna Silva)

Bruna Silva
Pindamonhangaba 

Com foco no desenvolvimento habitacional, Pindamonhangaba e a Exsa Urbanismo lançaram, na última quinta-feira (21), o Residencial Evidências. O local terá a construção de dois loteamentos fechados com mais de quinhentos lotes cada. O evento contou com a participação do cantor sertanejo Chitãozinho.

O empreendimento é resultado da parceria entre a dupla Chitãozinho e Xororó e a iniciativa privada. O residencial ficará na região oeste de Pindamonhangaba, próximo ao Loteamento Residencial Village Splendore, também implantado pela Exsa Urbanismo. É esperado que cada loteamento tenha cerca de 550 áreas disponíveis para aquisição.

De acordo com o projeto, a intenção é integrar cidade e natureza, a afim de proporcionar aos moradores segurança, comodidade e sofisticação. Segundo os responsáveis pela empresa, o projeto foi iniciado em Indaiatuba e, atualmente, está Camaçari-BA. É esperado que sejam lançados mais dois loteamentos no próximo ano, o Jardim Paiol e o Residencial Visconde da Palmeira.

O novo empreendimento deve gerar cerca de 4,5 mil novos postos de trabalho de Pindamonhangaba. “São muitos empregos gerados em várias áreas, sobretudo na construção civil, porque é um setor que está aquecido. Temos em pauta outros empreendimentos dessa natureza e que deve fomentar o segmento de empregos. Nós estamos dando abertura para compensar a defasagem que as pessoas ficaram desempregadas pela pandemia. Nossa cidade não sofreu tanto, se comparado com outras cidades, mas ainda temos um gargalo que é a diminuição de acesso a empregos. O empreendimento vem fechar essa úlcera”, afirmou o prefeito Isael Domingues (PL).

Ao Jornal Atos, Chitãozinho ressaltou que a idealização do projeto ocorre há cerca de sete anos e que apesar dos tramites burocráticos lento, o público e os fãs terão acesso à moradia de qualidade e segurança num local aconchegante.

Doação – Um violão foi doado pelo músico ao Fundo Social de Solidariedade da cidade. A expectativa é que o instrumento seja colocado em leilão para arrecadação de fundos para a entidade com foco nas famílias que vivem em vulnerabilidade social. “Foi uma grande surpresa para nós quando descobrimos que íamos ganhar um violão autografado pelo Chitãozinho. Pensamos em leiloar e fazer um grande leilão junto a uma ação significativa”, garantiu a presidente da instituição e primeira dama, Cláudia Domingues.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?