Gerdau investe R$ 700 milhões e moderniza operações especiais em Pinda

Empresa aposta no desenvolvimento sustentável e deve manter modernização pelos próximos três anos na unidade

Sistema de produção da Gerdau, que amplia investimento de R$ 700 milhões para a unidade de Pinda (Foto: Reprodução)

Bruna Silva
Pindamonhangaba

A empresa Gerdau anunciou o processo de modernização das operações especiais em Pindamonhangaba. Ao todo, foram investidos R$ 700 milhões com a implantação de um novo lingotamento contínuo. A expectativa é que as medidas de adoção tecnológicas prossigam pelos próximos três como, com foco na sustentabilidade.

De acordo com os responsáveis, com o auxílio deste equipamento a empresa fortalece a segurança, qualidade e competitividade. O grupo deve prosseguir com os investimentos tecnológicos buscando atender as demandas do mercado, além de acompanhar o processo evolutivo na transformação digital da indústria.

“Esse movimento no segmento de aços especiais é resultado da preparação da Gerdau para um novo ciclo de crescimento futuro com foco nas Américas”, assegurou o diretor Executivo da Gerdau, Gustavo Werneck.

A confiança empresarial se dá no crescimento do setor automobilístico, um dos principais clientes do grupo e que em setembro viu o mercado expandir em 19%, se comparado com o mesmo período de 2021. O levantamento é da Fanabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores).

O vice-presidente de Aços Especiais da Gerdau no Brasil, Rubens Pereira, apontou que com a modernização a usina de Pinda estará alinhada aos conceitos de indústria 4.0, além de aumentar a competitividade da empresa no segmento. Ele demonstrou otimismo ao enfatizar que o setor automotivo brasileiro deve recuperar o ritmo de produção nos médios e longos prazos.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?