Câmara de Pindamonhangaba aprova adicional de R$ 73,5 milhões ao orçamento

Montante garante crédito para investimento em setores como a Educação; projeção ultrapassa os R$ 600 milhões

Câmara de Pinda, que aprovou créditos adicionais de R$ 73 milhões para reforçar orçamento de Isael (Foto: Bruna Silva)

Bruna Silva
Pindamonhangaba

A Câmara de Pindamonhangaba aprovou, na última segunda-feira (30), a autorização para abertura de créditos adicionais e suplementares especiais de R$ 73,5 milhões. A expectativa é que parte do valor seja destinado à Educação para aquisição de imóvel para a rede municipal.

Depois de um pedido de adiamento ser derrubado por 7 votos a 2, o a autorização do crédito suplementar foi aprovada por 8 a 1, sendo o único voto desfavorável feito pelo vereador Gilson Nagrin (PP), que havia pedido a postergação da votação.

Conforme o projeto aprovado, o prefeito Isael Domingues (PL), está autorização a abrir créditos adicionais suplementares ao orçamento da cidade (em 2021 o valor definido era de R$ 531.380 milhões) até o limite de R$ 73,5 milhões. Desse montante, cerca de R$ 2,1 milhões serão destinados para a secretaria de Educação, com aquisição de um imóvel.

No texto encaminhado à Câmara, o chefe do Executivo ressaltou que “será indicado o recurso de excesso de arrecadação a ser verificado no exercício da Fonte Tesouro, recursos próprios ou decorrentes de cota-parte constitucional. (…) Esse excesso de arrecadação projetado é reflexo do atual cenário econômico, que tem demonstrado um crescimento acima do patamar pré-pandemia”.

Ainda em tramitação, o projeto retorna ainda nesta semana para a Prefeitura a fim que o prefeito assine.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?