Caraguá teme aumento de casos de Covid-19 após velório aberto de idoso

Família afirma não ter sido informada que paciente foi vitima da doença; Cidade registra 16 mortes e 231 infectados

Prefeito em visita em UPA do Centro de Caraguá; cidade registra mais uma morte por Covid-19 (Foto: Reprodução PMC)

Da Redação
Caraguatatuba

Terceira cidade da RMVale (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte) com mais mortes causadas pelo novo coronavírus (Covid-19), Caraguatatuba ganhou na última semana mais um motivo para se preocupar. Após um suposto conflito de informações, uma vítima fatal da doença foi velada em caixão aberto, colocando em risco contaminação de seus familiares.

Diagnosticado com alzheimer e diabetes, o aposentado José Visciano, que tinha 77 anos, deu entrada no Hospital Stella Maris, em Caraguá, no último dia 28 com suspeita de Covid-19, onde recebeu alta dois dias depois após ter uma melhora em seu quadro. Mas no último dia 1 o idoso retornou à unidade após sentir-se mal, sendo internado na enfermaria destinada ao atendimento de casos suspeitos de novo coronavírus.

Em entrevista à mídia regional, familiares do paciente afirmaram que na sequência o hospital descartou a hipótese de que ele havia sido contaminado, decidindo transferi-lo para uma ala comum. Já na última sexta-feira (5), o aposentando morreu, de acordo com o atestado de óbito, devido a um choque hipovolêmico, que é a perda de uma grande quantidade de sangue.

Já que no documento não constava que Visciano havia sido infectado pelo Covid-19, uma funerária particular, que não teve o nome divulgado, liberou a realização do velório em caixão aberto, por uma hora. Ocorrido na mesma data da morte, o sepultamento foi acompanhado por diversos familiares do idoso, inclusive sua esposa de oitenta anos.

Poucas horas após retornar à sua casa, a família do aposentado recebeu uma ligação do Hospital Stella Maris revelando que sua morte foi causada pelo novo coronavírus, comprovada por um exame realizado na unidade no último dia 28 e que teve o resultado liberado recentemente pelo Instituto Adolfo Lutz.

Temendo estar infectados, funcionários da funerária e parentes de Visciano cobram respostas do Hospital Stella Maris.

Em nota oficial, a Prefeitura de Caraguatatuba informou que notificou na última segunda-feira a direção do Stella Maris e solicitou a abertura de uma sindicância para apurar o suposto erro.

Já a direção do hospital, em resposta à mídia regional, informou que respeita o protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde sobre o manejo adequado de corpos suspeitos ou confirmados com coronavírus.

Pódio – De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura de Caraguatatuba na tarde desta terça-feira (9), o Município contabiliza 231 casos confirmados de Covid-19, sendo 13 mortes.

Na região, a cidade litorânea só fica atrás em número de óbitos de São José dos Campos, que regista 51, e Jacareí, com 16 casos.

Compartilhar é se importar!

Um comentário em “Caraguá teme aumento de casos de Covid-19 após velório aberto de idoso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?