Cachoeira elege Nenê do São João para presidência da Câmara a partir de 2018

Sessão para escolha da nova mesa administrativa foi antecipada a menos de cinco meses para fim de mandato de Breno Anaya

O vereador Nenê do São João, eleito presidente da Câmara para 2018
O vereador Nenê do São João, eleito presidente da Câmara para 2018

Jéssica Dias
Cachoeira Paulista

A Câmara de Cachoeira Paulista elegeu na última segunda-feira os novos membros que farão parte da mesa administrativa em 2018. Com dez votos, Nenê do São João (PSB) foi eleito para substituir Breno Anaya (PRB), a partir de janeiro.

No último dia 5, foi aprovado o projeto de lei antecipando a sessão para renovação da mesa administrativa. A escolha da mesa acontecia sempre na última semana de novembro.

De acordo com o atual presidente da Câmara, segundo os autores do projeto, “a intenção de adiantar é que pudesse ser realizado da melhor forma a transição e que o presidente com a mesa administrativa já pudessem planejar melhor a gestão do ano que vem”, explicou Anaya.

A eleição foi realizada na última segunda-feira. Nenê do São João, com dez votos foi eleito. Outro concorrente foi o vereador Thales Satim (PSC), que recebeu dois votos. A próxima mesa terá ainda como vice-presidente Tião do Marly (PR), primeiro secretário Dimas Barbosa (PTB) e segunda secretária Mariza Hummel (PP).

Após a eleição, Nenê fez críticas ao atual sistema na Casa e já planeja como vai comandar a gestão em 2018. “Em relação aos projetos encaminhados, eu quero trabalhar com os presidentes das comissões para termos uma ordem cronológica, porque hoje a gente vê que alguns dos trabalhos realizados não tem ordem. As vezes coloca uns na frente, outros atrás. Os projetos serão por ordem conforme for entrando na Câmara”.

Pouco menos de cinco meses para deixar a presidência, Anaya fez uma autoavaliação. “Quando eu assumi a Câmara, fora a parte estrutural que a gente encontrou e ainda existe goteiras, o que consegui fazer foi dar uma reformada na parte administrativa e ampla publicidade nos atos da Câmara, como a transmissão das sessões no Facebook”.

Ele ressaltou ainda que em parceria aos funcionários conseguiu aumentar o salário e o vale refeição. “Neste momento de crise, onde a maioria estava seguindo em inflação, consegui aumentar em 10% o salário e o vale alimentação, mais de 35% de R$ 220, que era no passado, para R$ 300 este ano”.

Futuro presidente da Câmara, Nenê garantiu que a Casa terá mais rigor na avaliação dos projetos do Executivo. “A nova mesa vai dar tolerância para o prefeito porque ele está fazendo um bom trabalho, mas também não vai ter toda liberdade dos projetos chegar, não analisar e só assinar. Nós vamos sim buscar as medidas pela lei. Se for correto, vamos dar andamento, mas também se não for viável para o município, também não vai estar colocando”.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?