Poupatempo liberado em Ubatuba e melhorias na Saúde no Litoral Norte

Hospital Regional passa a contar com radioterapia; número de leitos e ampliado em 204% para este ano

Poupatempo no município de Ubatuba, que foi inaugurado com a presença do vice-governador Rodrigo Garcia (Foto: Reprodução PMU)

Lucas Barbosa
RMVale

O Governo do Estado continua a espalhar suas unidades do Poupatempo pela região. Um evento realizado no último dia 22 marcou a inauguração de um posto do serviço em Ubatuba. No mesmo encontro, o Litoral Norte comemorou o anúncio para o início do serviço de radioterapia no Hospital Regional de Caraguatatuba. O representante estadual confirmou ainda a ativação da capacidade plena da unidade hospitalar, o que possibilitará a abertura de mais 153 leitos ao longo do ano que vem.

Iniciando sua visita à região praiana, o vice-governador Rodrigo Garcia (PSDB) participou da cerimônia de inauguração do Poupatempo, implantado na rua Professor Thomaz Galhardo, nº 1.172, na região central de Ubatuba. Além da prefeita Flavia Pascoal (PL), o evento contou com as presenças do deputado federal, Samuel Moreira (PSDB), do deputado estadual, André do Prado (PL) e do presidente da Prodesp (Empresa de Informática do Governo do Estado de São Paulo), André Arruda.

Em nota oficial, o Estado revelou que a instalação da unidade contou com um investimento de cerca de R$ 160 mil. Com capacidade para realizar 450 atendimentos diários, o posto oferecerá cerca de 170 serviços, como as emissões das primeiras vias da carteira de identidade (RG) e da CNH (Carteira Nacional de Habilitação), disponibilização de atestado de antecedentes criminais, emissão de Carteira de Trabalho e Previdência Social, reconhecimento de paternidade, transferência interestadual de veículos e licenciamento de automóveis.

Além de destacar que as tratativas junto ao Estado para a implantação do Poupatempo foram iniciadas no começo deste ano, a prefeita ressaltou a importância da melhoria. “Podemos ver a alegria nos olhos dos moradores que acompanham essa entrega, que era um sonho de Ubatuba. Muitas pessoas que não tinham condições de pagar um transporte para ir à cidade vizinha ficavam, muitas vezes, sem a sua dignidade de ter os seus documentos, de conseguir acertar sua vida. Mas, agora, o Estado nos concedeu essa vitória”.

Logo após o descerramento da placa de inauguração do Poupatempo, Garcia assinou um convênio que libera R$ 760 mil para a construção de uma unidade da “Casa da Mulher” em Ubatuba. O equipamento público oferecerá serviços de acolhimento, capacitação profissional, atendimento psicológico e apoio jurídico para mulheres vítimas de violência ou de discriminação. A expectativa estadual é que o aparelho entre em funcionamento até o início do segundo semestre de 2022.

Caraguá – Após cumprir agenda em Ubatuba, Garcia anunciou o início do do serviço de radioterapia no Hospital Regional do Litoral Norte, aberto pelo governador João Doria (PSDB), em 30 de março de 2020 para o atendimento de vítimas da Covid-19. Segundo Garcia, o setor de oncologia, que oferece quimioterapia desde 1 de setembro para cerca de duzentos pacientes com câncer, ofertará mensalmente mais de mil sessões de radioterapia.

O vice-governador confirmou ainda a ativação da capacidade plena do hospital, construído através de um investimento estadual de cerca de R$ 188 milhões. A medida possibilitará que o atual número de leitos, que é de 75, salte para 228 ao longo do ano que vem, representando um aumento de 204%. Enquanto o montante de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) aumentará de 35 para 40, o de leitos de enfermaria passará de 40 para 146. Também serão implantados sete leitos de observação RPA (Recuperação Pós-Anestésica), 15 de Hospital Dia, dois de isolamento no Pronto-Socorro, 16 de observação adulta e dois de observação pediátrica. “O Hospital Regional, aberto na pandemia e fundamental para salvar vidas, vai continuar sendo cada vez mais fundamental para cuidar da saúde aqui do Litoral Norte. Por isso, hoje estamos anunciando oficialmente o início da radioterapia do hospital e vamos autorizar para que ele possa, em uma crescente nos próximos meses, funcionar 100% para atender a nossa população”, ressaltou Garcia.

O representante do Executivo revelou ainda que para viabilizar o aumento no volume de atendimentos na unidade, o repasse mensal estadual saltará de R$ 5, 8 milhões para R$ 7,8 milhões.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?