Para conter violência, Silveiras implanta 35 câmeras de monitoramento

Investimento tenta evitar novos ataques a caixas eletrônicos; cidade registra aumento de assassinatos e roubos

Uma das vias de Silveiras que passa a contar com o videomonitoramento; investimento foca na segurança da cidade (Foto: Reprodução PMS)

Lucas Barbosa
Silveiras 

Na tentativa de mantert Silveiras como uma das cidades mais seguras da RMVale (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte), a Prefeitura implantou, na última terça-feira (15), câmeras de videomonitoramento em pontos estratégicos da região central do município. Comemorada pela população, a medida contou com um investimento municipal de aproximadamente R$ 16 mil.

De acordo com o Executivo, a instalação do sistema, que conta com 35 câmeras, facilitará as identificações de pessoas e veículos que possam participar de crimes na cidade.

A iniciativa busca também inibir ações de quadrilhas especializadas em ataques a caixas eletrônicos em municípios pequenos do interior de São Paulo, como as que invadiram agências bancárias do Centro de Silveiras em 2013 e 2018.

No crime mais recente, dez assaltantes, fortemente armados, explodiram um caixa eletrônico do Banco Bradesco e tentaram arrombar o cofre principal do Banco Santander, mas não tiveram sucesso no segundo alvo. Na ocasião, nenhum dos criminosos foi identificado e o dinheiro roubado do Bradesco, que não teve sua quantia revelada, não foi recuperado.

Segundo a Prefeitura, as câmeras de segurança foram implantadas, além do portal de entrada do município, na frente dos prédios que abrigam a Creche Municipal Central, Velório Municipal e na Unidade Mista de Saúde.

O prefeito, Guilherme Carvalho (PSDB) revelou detalhes técnicos sobre o equipamento e ressaltou a importância da ação. “Estas câmeras captam imagens em alta definição, facilitando a identificação de pessoas e de placas de automóveis. O conteúdo captado é armazenado em computadores, possibilitando que os arquivos fiquem disponíveis para as consultas das autoridades policiais. Certamente, esta melhoria é um marco histórico para o setor da Segurança Pública de Silveiras”, comemorou.

O chefe do Executivo anunciou ainda que foi iniciado um estudo de viabilidade para avaliar a possibilidade da instalação de mais equipamentos de videomonitoramento pela cidade.

Violência – De acordo com dados da secretaria Estadual de Segurança Pública, Silveiras registrou cinco roubos entre janeiro e julho de 2020. O número representa um aumento preocupante, já que a cidade não teve nenhum roubo durante o mesmo período do ano passado.

O mesmo acontece no índice de homicídio doloso (quando existe a intenção em matar). Enquanto Silveiras não teve nenhum caso no ano passado, em 2020 a cidade já possui um registro.

Em contrapartida, o número de furtos sofreu uma queda de 9% entre os primeiros sete meses de 2019 e 2020, passando de 22 para 20 casos.

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?