Potim aposta em campanha para reduzir abstenções em procedimentos médicos

Quase mil pacientes faltaram em exames e consultas no último trimestre; ausências injustificadas aumentam fila de espera por atendimento 

UBS de Potim, que registra aumento de faltosos nas consultas médicas; Prefeitura promove campanha (Foto: Gabriela Oliveira)

Da Redação
Potim

Após registrar 944 faltas de pacientes em procedimentos médicos pré-agendados no último trimestre, a Prefeitura de Potim revelou nesta quinta-feira (4) que promoverá uma campanha de conscientização da população. O alto número de abstenções tem afetado o plano municipal de redução da fila de espera por consultas e exames.

Em nota oficial, a secretaria de Saúde de Potim informou, na última terça-feira (2), que 309 moradores não compareceram aos procedimentos marcados pelas equipes das sete ESF´s (Estratégia de Saúde da Família) da cidade ao longo de julho. O montante foi apenas 0,6% inferior ao de junho, que atingiu 311, e 4% menor do que o de maio, que foi de 324.

Os dados de julho apontam que 61% dos faltosos passariam por consultas médicas e 39% por exames. Do total de abstenções, 190 ocorreram em consultas, sendo 167 com clínicos gerais e 23 com pediatras. Já as 119 demais ausências, referem-se a 78 exames de ultrassom e 41 coletas laboratoriais.

De acordo com a prefeita de Potim, Erica Soler (PL), o alto número de faltas vem prejudicando consideravelmente o cronograma de atendimentos elaborado pela secretaria de Saúde. “Mensalmente estamos divulgando nas redes sociais os dados de abstenção na expectativa de contarmos com uma maior colaboração da população. Além de afetar a secretaria de Saúde, as ausências atrapalham os demais pacientes, que em alguns casos necessitam mais do atendimento do que os faltosos. Para piorar a situação, os ausentes sequer avisam que não irão, o que impossibilita nossa equipe colocar outro paciente no lugar e a reduzir a fila de espera”.

Como os apelos na internet não estão surtindo efeito, o Executivo anunciou nesta quinta-feira (3), que buscará outra alternativa para tentar sensibilizar a população. A coordenadora das ESF´s de Potim, Adriana Marcondes, revelou detalhes da ação que deverá ser implementada nas próximas semanas. “Faremos uma campanha de alerta e de orientação em todas as unidades de Saúde do município. Colaremos nas paredes das ESF´S cartazes com o slogan, ‘A consulta que você falta faz falta para alguém’. Também colocaremos placas com o número de abstenções que aquela unidade específica registrou. Assim, tentaremos chamar a atenção da população, despertando sua consciência sobre a importância de comparecerem aos procedimentos pré-agendados”.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?