Câmara de Guará prepara audiências públicas antes de votar aumento dos servidores

Novo reajuste de 5% nos vencimentos do funcionalismo é pauta de proposta no Legislativo; ajuste total no ano será de 15%

Câmara em Guará, que analisa projeto do Executivo para aumento salarial; iniciativa é acompanhada de audiências públicas (Foto: Arquivo Atos)

Andrea Moroni
Fabiana Cugolo
Guaratinguetá

A Comissão de Justiça da Câmara de Guaratinguetá pediu prazo de sessenta dias para analisar o projeto do Executivo, que concede reajuste salarial para os servidores municipais. A proposta foi apresentada na sessão da última quarta-feira (3).

Segundo o vereador Marcelo Augusto de Assis, o Marcelo da Santa Casa (PSB), durante esse período serão realizadas audiências públicas para discutir o reajuste.

Líder do prefeito Marcus Soliva (PSC) na Câmara, o vereador Márcio Almeida (PSC) lembrou que a proposta dá sequência a ação que já vinha sendo discutida na Casa. “Esse projeto de lei é um complemento de um projeto que nós votamos no primeiro semestre, que trata da reposição salarial dos servidores públicos da Prefeitura. No primeiro semestre, nós votamos um reajuste de 10%. Depois, em um acordo da Justiça do Trabalho, Prefeitura e sindicato chegaram a um consenso de que, além desses 10%, teriam mais 5% agora”.

Almeida espera que o aumento de 5% seja aprovado e já entre na folha de pagamento do servidor de setembro. “Esse aumento é a correção do índice inflacionário do ano anterior. Então, por exemplo, a perda do poder de compra. É por isso que se faz essa reposição, para que não fique defasado o salário”, explicou.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?