Polícia investiga assassinato com requintes de crueldade em Potim

Corpos de dois homens foram encontrados carbonizados dentro de carro

Carro ocupado por vítímas foi encontrado incendiado; crime com requintes de crueldade assustou morados de Potim no último fim de semana (Foto: Divulgação Polícia Civil)
Carro ocupado por vítímas foi encontrado incendiado; crime com requintes de crueldade assustou morados de Potim no último fim de semana (Foto: Divulgação Polícia Civil)

Leandro Oliveira
Potim

A Polícia Civil de Potim investiga o duplo homicídio registrado no último sábado.

Dois homens foram encontrados carbonizados dentro de um carro no bairro Vista Alegre.

O veículo estava com marcas de, pelo menos, 15 disparos de arma de fogo na lataria. Os investigadores receberam informações de populares e continuam na busca pelos suspeitos.

O caso chamou atenção devido a crueldade dos assassinos que, além de efetuar diversos disparos, atearam fogo na parte interna do veículo. O exame de necropsia deve constatar se os homens morreram através dos tiros ou da carbonização.

Tudo leva a crer que houve requinte de crueldade, uma vez que os corpos foram carbonizados. Estamos aguardando os exames para verificar a real causa da morte, explicou o delegado titular de Potim, Jair Ramalho Filho.

Os policiais foram acionados após um morador avistar o veículo pegando fogo. Depois da constatação do duplo homicídio, os investigadores colheram informações com moradores locais. A polícia procura por testemunhas para chegar aos suspeitos.

Os corpos estavam nos bancos da frente do veículo, um carro modelo Gol. O delegado confirmou que muitas questões seguem abertas, como o motivo pelo qual a dupla passava pela região, que fica na zona rural, e o porquê de tantos disparos na lataria do carro. Os homens foram identificados, e só restava a confirmação formal.

A Polícia Civil trabalha com duas linhas de investigação. Na primeira delas, o incêndio teria sido causado para destruir as provas do duplo homicídio. Na segunda, os autores estariam decididos a assassinar a dupla com requintes de crueldade. Como os disparos foram feitos de fora do veículo, essa corrente não seja precisa. Mas é uma hipótese. Trabalhamos com muitas hipóteses, concluiu.

Ao menos 15 tiros foram disparados somente na lataria do carro. Dentro do veículo não foi encontrada nenhuma arma. A Polícia Civil continua fazendo diligências pela cidade para ouvir possíveis testemunhas. O delegado não tinha novidades sobre o caso até o fechamento desta edição.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?