Com 945 infectados, Potim enfrenta epidemia de dengue

Número de casos supera os 2.000% o índice de contaminações de todo o ano passado; Prefeitura pede apoio da população para frear avanço da doença

Trabalho de agentes de combate à dengue nas ruas de Potim; cidade tem números alarmantes da doença (Fotos: Divulgação PMP)

Da Redação
Potim

A Prefeitura de Potim divulgou na tarde da última quarta-feira (29) um boletim que aponta que a cidade enfrenta uma epidemia de dengue. O levantamento municipal revela que o número de casos da doença neste primeiro trimestre é 2.150% superior ao registrado durante todo o ano passado.

Publicado na página oficial da Prefeitura de Potim no Facebook, o boletim da secretaria de Saúde informa que foram contabilizados 945 casos positivos de dengue entre 1 de janeiro e a última terça-feira (28). Para piorar a situação, o número de infectados pelo mosquito Aedes aegypt pode ser ainda maior, tendo em vista que 85 moradores aguardam o resultado do exame de identificação da doença. O levantamento municipal revela ainda que no período oito moradores precisaram ser internados, sendo dois em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Todos os pacientes já foram liberados e se recuperaram.

Dados da secretaria de Saúde informam que a cidade já teve no primeiro trimestre deste ano 903 casos a mais de dengue do que em todo o ano passado, quando apenas 42 moradores foram infectados.

No que se refere às ações de prevenção e combate à proliferação do Aedes aegypt, a Prefeitura afirmou que frequentemente realiza por toda a cidade ações de nebulização (carro fumacê) e de Cata Bagulho. Segundo o Executivo, agentes da secretaria de Saúde também promovem regularmente vistorias em imóveis, eliminando criadouros do mosquito e orientando a população sobre a necessidade de não deixar água parada.

De acordo com a Prefeitura, um fator que está contribuindo para o aumento de casos de dengue é o descarte indevido de lixo em vias e terrenos espalhados pela cidade. No último dia 10, o Executivo divulgou uma nota oficial nas redes sociais, solicitando a colaboração da população para a manutenção da limpeza pública e para a realização de denúncias de despejo de resíduos. Os moradores que flagrarem o descarte irregular podem avisar as autoridades pelo aplicativo estadual Denúncia Ambiente ou pessoalmente no setor Ouvidoria SUS de Potim, que fica na rua Antônio de Oliveira Portes, nº 149, na região central da cidade.

Questionada pela reportagem do Jornal Atos se pretende decretar oficialmente estado de epidemia de dengue, a secretaria de Saúde informou que em breve o anúncio será proferido.

Compartilhar é se importar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?