Usuários cobram melhorias em banheiro de terminal municipal rodoviário de Pindamonhangaba

Após atos de vandalismo e problemas estruturais; Prefeitura deve notificar Viva Pinda

Flagrante de condição deteriorada em banheiro da rodoviária; Prefeitura anuncia que notificará Viva Pinda (Foto: Colaboração)
Flagrante das condições em banheiro da rodoviária; Prefeitura anuncia que notificará empresa (Foto: Colaboração)

Lucas Barbosa
Pindamonhangaba

Cansados de conviverem com os transtornos causados pela falta de estrutura e limpeza adequadas do banheiro do terminal central de ônibus de Pindamonhangaba, usuários do transporte público cobram uma solução da Prefeitura e da concessionária ‘Viva Pinda’. O péssimo estado de conservação do sanitário tem impossibilitado que cadeirantes consigam utilizá-lo.

Portas quebradas, piso esburacado, pias sem torneiras, paredes pichadas e privadas entupidas. Estes são alguns obstáculos diários que os passageiros são obrigados a enfrentarem para uso do banheiro do terminal de ônibus do Centro.

Inconformado com a condição do local, o auxiliar administrativo Emerson Alexsander Otacílio Zacarias, 39 anos, criticou a falta de providências por parte do poder público e da Viva Pinda. “O banheiro está praticamente abandonado. Ele exala um cheiro muito forte, que quase não nos deixa respirar ali dentro. Outro problema grave é que, além do piso irregular, o local para cadeirantes está sem porta e vaso. A Prefeitura e a empresa tem que entrarem em acordo para verem de quem é a responsabilidade pela reforma e manutenção deste espaço público”.

O auxiliar administrativo também exigiu uma maior fiscalização contra atos de depredação no local. “Os responsáveis precisam colocar um guarda para evitar que vândalos continuem pichando e quebrando tudo. Alguma medida tem que ser tomada, já que a situação do banheiro está tão complicada que muitas pessoas até desistem de utilizá-lo”.

Procurada pela reportagem do Jornal Atos, a Prefeitura de Pindamonhangaba informou, em nota oficial, que notificará a empresa sobre a necessidade de melhorias no banheiro do terminal rodoviário central. O Executivo ressaltou que contratualmente a concessionária é a responsável por zelar pela limpeza e manutenção do espaço.

O Atos solicitou também um posicionamento da Viva Pinda sobre o caso, mas nenhuma resposta foi encaminhada até o fechamento desta edição.

 

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?