Pinda estuda introduzir atividade integrada com a Polícia Civil

Projeto segue em fase de discussão; foco é melhorar a qualidade do trabalho, com horas extras pagas pela Prefeitura

Delegacia de Pindamonhangaba; Município planeja reforçar segurança pública com atividades integradas com Polícia Civil (Foto: Bruna Silva)

Bruna Silva
Pindamonhangaba

Como reforço da segurança pública, Pindamonhangaba planejar implantar, em breve, a atividade integrada com a Polícia Civil. O projeto segue semelhante ao feio anteriormente com a Atividade Delegada da Polícia Militar. O objetivo é que os agentes possam reforçar os trabalhos de investigação.

De acordo com o Município, o foco será melhorar a qualidade do trabalho dos policiais civis, através da ação do efetivo em plantão no contraturno, com horas extras sendo pagas pela Prefeitura. As articulações ocorrem entre o secretário de Segurança Pública, Fabrício Pereira, e o delegado da seccional de Taubaté, Márcio Ramalho. A expectativa é que com a implantação do programa seja possível que os trabalhos do plantão noturno e aos finais de semana, que foram suspensos devido à queda do efetivo do 1º Distrito Policial de Pinda, sejam retomados.
“Fizemos a parceria com a Polícia Militar e o pedido do prefeito Dr. Isael é para que possamos unir esforços e agir de forma igual com a Polícia Civil, beneficiando nossa população”, destacou Pereira.

Novas articulações – A cidade planeja ainda união de forças com o Corpo de Bombeiros para melhorias no atendimento na unidade. Durante o encontro com os oficiais, o Município discutiu melhorias na conservação predial da unidade. É esperado que o Estado também invista no mobiliário e aquisição de mais unidade de resgate para socorros pré-hospitalares para vitimas de acidentes de trânsito e outros tipos de trauma. O veículo possui equipamentos que viabilizam a prestação de procedimento de suporte básico e vida, além de proporcionar estabilidade e transporte adequado para o acidentado até a unidade hospitalar mais próxima.

 

 

Compartilhar é se importar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?