Grupo Simec lança expansão e garante 1.200 novos empregos em Pinda

Novos postos de trabalho são diretos e indiretos; a projeção deve alavancar o desenvolvimento econômico do município

Executivos do Simec e prefeito lançam pedra fundamental; obras de ampliação da siderúrgica, estimada em US$ 300 milhões (Foto: Bruna Silva)

Bruna Silva
Pindamonhangaba

Garantindo um avanço econômico, o Grupo Simec lançou, na quinta-feira (30), a pedra fundamental da ampliação da empresa em Pindamonhangaba. Cerca de US$ 300 milhões serão investidos na ampliação da siderúrgica.

Com o investimento, a expectativa é que seja possível dobrar a produção de quinhentos mil para um milhão de toneladas por ano, gerando 450 postos de trabalho. Após a finalização da obra, os responsáveis estimam que sejam gerados 1,2 mil empregos indiretos.

Para o CEO do grupo, Jaime Moncada, a escolha de Pindamonhangaba é estratégica, uma vez que a cidade está no eixo Rio-São Paulo. A localização do município facilita a transportação até mesmo para Minas Gerais.

Empresa líder na siderurgia de ações especiais na América do Norte, o grupo conta com outras oito unidades no México, sete nos Estados e uma no Canadá, além de mais duas em solo brasileiro, em Minas Gerais e no Espírito Santo.

Segundo dados recentes do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), aproximadamente mil novos postos de trabalho foram criados no último ano no ramo da siderurgia, em Pindamonhangaba.

Avaliando o cenário dos últimos dois anos, o prefeito Isael Domingues (PL) destacou que a cidade não teve prejuízo de emprego quanto os outros municípios da RMVale (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte). “A Simec produz materiais para a construção, e o setor de construção não ficou desaquecido. Essa é a grande vantagem, o mercado brasileiro absorve muito bem isso. Além disso, há uma parte que se torna exportação, alavancando ainda mais a nossa cidade. Não existe acaso, existe trabalho”, analisou.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?