Prefeitura de Lorena lança programa para facilitar abertura de empresas

Empreenda Já é aposta para atrair empresários e fortalecer empregos

O prefeito e empresário Fábio Marcondes fala durante lançamento de programa direcionado a empreendedores; ideia é abrir caminhos (Foto: Divulgação)
O prefeito e empresário Fábio Marcondes fala durante lançamento de programa direcionado a empreendedores; ideia é abrir caminhos (Foto: Divulgação)

Leandro Oliveira
Lorena

A Prefeitura de Lorena lançou na última quarta-feira o programa Empreenda Já. A iniciativa pretende facilitar os processos de licenciamento de abertura de empresas. O projeto auxiliará os micro e pequenos empresários.

A proposta do Executivo vai de encontro ao crescimento da geração de empregos da cidade, que lidera o índice anual da região.

O Empreenda Já está ligado ao programa estadual Via Rápido, que derruba a burocracia ligada à abertura de empresas. Durante discurso no lançamento da iniciativa, o prefeito Fábio Marcondes (PSDB) citou que o projeto fecha um ciclo importante do desenvolvimento econômico e da geração de empregos na cidade.

Além de desburocratizar o processo de licenciamento para abertura de empresas, o Empreenda Já funcionará em conjunto ao sistema da Prefeitura, interligado à secretaria de Meio Ambiente, Vigilância Sanitária e Junta Comercial.

“É um momento ímpar em relação à toda burocracia que a gente sabe que o Brasil é, pela dificuldade que temos de abrir uma empresa. Esse é o caminho que precisamos para os empreendedores individuais, colocar essas pessoas no mercado e poder fazer com que elas se tornem oficiais. Assim a gente pode gerar emprego e renda também”, respondeu o prefeito.

O secretário de Desenvolvimento, Ciência Tecnologia e Inovação, Luiz Gustavo Rodrigues, explicou como o programa pode encurtar o caminho do micro e pequeno empresário até a abertura de uma nova empresa. “Com a abertura do programa, hoje para a empresa conseguir retirar o seu alvará, a empresa que tem baixo impacto ambiental consegue o seu alvará em até 48 horas, ou seja, tira toda a burocracia desse processo”, destacou.

O espaço físico de atendimento do programa será no Mercado Municipal. “Nossa estrutura fica no Mercadão e o suporte, tanto do Banco do Povo, do PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador), Sebrae e engenharia ficarão lá. Na (avenida) Capitão Messias funcionará a parte de tributação, para facilitar uma possível entrega pessoal na sede da Prefeitura e a gente faz o cadastramento e entrega a empresa montada”, concluiu Marcondes.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?