Guaratinguetá vai na contramão de vizinhas e mantém Carnaval para 2022

Escolas de samba já realizam eventos prévios para custear a festa; Oesg e Prefeitura seguem calendário

Porta-bandeira da escola Tamandaré durante o desfile de 2019; Carnaval 2022 é confirmado em Guará (Foto: Arquivo Atos)

Leandro Oliveira
Guaratinguetá 

Cunha, Lagoinha e Ubatuba são algumas das cidades da região que atraíam foliões anualmente e confirmaram o cancelamento do Carnaval do ano que vem. Diferente dos municípios vizinhos, Guaratinguetá mantém o calendário festivo para 2022 e pode receber um número maior de pessoas para os cinco dias de festa. A programação vai dos festejos de rua aos desfiles das escolas de samba.

O Carnaval em Guará é conhecido pelo bloco da Banda Mole e pelas apresentações das agremiações, anualmente realizadas aos sábados e terça-feira, respectivamente. Em 2022, não haverá competição entre as escolas de samba e os desfiles serão participativos. Os preparativos já tiveram início e o calendário de eventos será seguido, segundo o presidente da Oesg (Organização das Escolas de Samba de Guaratinguetá), Tiago Domingos. “A Oesg já firmou com as escolas e as secretarias de Cultura e de Turismo a festa da corte mosmesca para o dia 15 de janeiro, para eleição da rainha, princesa e rei momo, e no dia 16 a definição da mini rainha para escolha da corte mirim do nosso Carnaval”, explicou Domingos.

As agremiações farão os ensaios em suas quadras, normalmente, a partir de janeiro de 2022. Nos eventos confirmados em parceria entre a Oesg e a Prefeitura, estão confirmados três dias com samba e seresta, a cada sexta-feira, com uma banda de marchinhas e duas escolas de samba por noite de apresentação, na praça Conselheiro Rodrigues Alves, em fevereiro.

Segundo Domingos, não foi cogitada a possibilidade de cancelar o Carnaval. “Tudo que foi combinado e tratado está sendo seguido à risca. Em nenhum momento houve cogitação e mínima possibilidade de cancelamento em virtude de qualquer outro motivo. Sabedores de que nós (Oesg) e o prefeito, temos a plena noção e bom senso que a realização de qualquer tipo de evento é condicionada à questão da saúde. Não só as medidas sanitárias, mas o quadro de infecção e contaminação do coronavírus é levado em conta”, destacou o representante da Organização.

Repasses – O edital de chamamento público para as escolas de samba será publicado nesta semana. Como o desfile será participativo e não competitivo, as escolas receberão pagamentos de R$ 25 mil (por agremiação) desde que cumpram eventos pré-carnavalescos, como ensaios, festa da corte, eventos na praça Conselheiro com apresentação do samba e seresta e tarefas pós-desfiles, como a remoção das alegorias do entorno da avenida Presidente Vargas. São seis grupos recreativos em Guará, que totalizam R$ 150 mil em pagamentos.

A licitação para montagem das estruturas do desfile ainda não foi divulgada. A Prefeitura foi procurada para responder sobre a realização da festa e, através da assessoria de comunicação, informou que o Carnaval de 2022 está mantido.

Pandemia – Guaratinguetá tem atualmente apenas um paciente internado na enfermaria exclusiva para Covid-19 e não há pacientes na UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Até o momento, 97% da população com 12 anos de idade ou mais já recebeu a primeira dose das vacinas contra o coronavírus e 78,35% tomaram a segunda dose, que representa o ciclo completo da imunização contra a doença.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?