Guará confirma segundo caso da variante delta do coronavírus

Imunização contra a Covid-19 em Pinda; aumento de casos de variante preocupa autoridades (Foto: Reprodução PMP)

Da Redação
Guaratinguetá

A RMVale (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte) segue em alerta com diagnósticos da variante delta do novo coronavírus. Na última quarta-feira (11), durante coletiva de imprensa, a secretaria de Saúde de Guaratinguetá, Maristela Macedo, confirmou o segundo caso da mutação genética da Covid-19 na cidade. A contaminação é de um paciente entre 20 e 30 anos e já vacinado com as duas doses da vacina contra a doença.

Segundo a pasta da Saúde, o paciente teve sintomas leves e evoluiu bem à doença, não necessitando de internação. A secretaria recebeu a confirmação na sexta-feira (6).

Originária da Índia e mais contagiosa, o primeiro caso da delta em Guaratinguetá foi confirmado pelo Instituto Butantan no dia 15 de julho, que se tratava de uma mulher de 29 anos. A paciente, a época da identificação da variante, já havia recebido a primeira dose da vacina. A jovem teve sintomas gripais leves e também não necessitou de internação. Na mesma data, Pindamonhangaba registrou o primeiro de caso da delta em um homem de 44 anos. Ambos os casos foram os primeiros confirmados na RMVale.

Região – Além da nova confirmação em Guaratinguetá, outros sete municípios da RMVale registraram casos de contaminação pela variante. Os demais moradores contaminados são moradores de Ubatuba (1), Caraguatatuba (1), Cruzeiro (2), Potim (1), Roseira (2), Pindamonhangaba (1) e São José dos Campos (2).

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?